Executivo 12:50

Agregação de seções eleitorais e “falta” de mesários provocam aglomerações

Filas são formadas no IFPB, com reclamação dos eleitores. Foto: Divulgação

 

As agregações de seções eleitorais têm provocado revolta de eleitores no Instituto Federal de Educação Tecnológica (IFPB), em João Pessoa. De acordo com o relatado por eleitores ao blog, as pessoas que têm ido votar têm se deparado com a falta de informação, longas filas e calor. O problema foi admitido pela Justiça Eleitoral e foi agravado pela ausência de vários mesários no local de votação.

No IFPB, por exemplo, o início da votação foi retardado em 20 minutos logo cedo. Vários mesários deixaram de ir para as seções, alegando questões de saúde. Aliado a isso, houve agregação de seções. As que tinham poucos eleitores foram mescladas com outras, para evitar que mais pessoas fossem convocadas para o dia de votação e reduzir o número de filas.

De acordo com o secretário de Tecnologia da Informação, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), José Cassimiro, as agregações foram feitas em seções por todo o estado. “Temos um limite para a formação de uma seção eleitoral. Elas devem ter no máximo 400 eleitores o interior e 500 na capital. Se eu tenho quatro seções com 100 eleitores, o mais coerente é juntá-las”, disse.

A justificativa para juntar as seções é para evitar que sejam formadas várias filas e elas se cruzem. Ao todo, a Paraíba tem 8.452 seções eleitorais. O problema relatado pelos eleitores é que eles não ficaram sabendo das mudanças e que isso tem provocado confusão na hora de votar. Cassimiro se defende, alegando que as notificações são feitas por meio da TV e nor jornais.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *