Judiciário 13:05

Denúncia da Calvário põe TCE e MPPB em rota de colisão. Confira os áudios

Presidente do TCE critica denúncia contra conselheiros e coordenador do Gaeco questiona: “vai auditar processos engavetados?”

O conselheiro Arnóbio Alves fez cobranças sobre denúncias do MPPB. Foto: Divulgação/TCE-PB

A presença de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) entre os investigados na Operação Calvário colocou o órgão em rota de colisão com o Ministério Público da Paraíba (MPPB). Em nota divulgada para a imprensa, nesta quarta-feira (15), o presidente do órgão de controle acusou o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) de estar criminalizando a instituição Tribunal de Contas. O posicionamento causou a reação do coordenador do Gaeco, Octávio Paulo Neto, que cobrou investigação interna do órgão sobre processos engavetados por conselheiros.

A reação de Viana teve como motivo o texto da denúncia protocolada pelo Ministério Público no qual afirma que o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) tinha amplo domínio sobre segmentos dos demais poderes. Um exemplo seria a atuação de parcela dos conselheiros. Pelo menos três deles integram o rol de investigados. A lista inclui Arthur Cunha Lima, Nominando Diniz e André Carlo Torres. Os dois primeiros foram afastados do cargo por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Confira o trecho da denúncia protocolada após a sétima fase da Operação Calvário:

Reprodução/Denúcia/MPPB

O presidente do TCE, Anóbio Viana, reagiu à acusação: “Uma instituição não comete crimes, quem comete crime são as pessoas. A pessoa que comete deve ser denunciada e punida. A instituição é sagrada. Na igreja católica se os padres cometem pecados, que respondam. Não a igreja católica. O TCE é uma instituição e deve ser respeitada. Quem se porta contra uma instituição está acabando com os pilares da democracia. As pessoas devem ser identificadas e responder.

Octávio Paulo Neto rebate argumentos do conselheiro. Foto: Júlia Karolyne

O coordenador do Gaeco, Octávio Paulo Neto reagiu. “Me causa certo espanto a nota veiculada pelo conselheiro Arnóbio Viana, até porque ele, ao invés de veicular as medidas adotadas pelo Tribunal de Contas para auditar os processos que ficaram engavetados por anos e anos, no caso da Cruz Vermelha e outros casos, bem assim, outras circunstâncias bem peculiares”, pontuou Octávio.

Confira o áudio:

 

O promotor também fez cobranças em relação à necessidade de colaboração do Tribunal de Contas do Estado para elucidar o caso. “O que eu queria ver, Suetoni, do nobre presidente do Tribunal de Contas do Estado era que queria auxiliar no esclarecimento dos fatos e não ficar com essa narrativa infantil”, ressaltou.

Confira o áudio:

Mais Notícias

COMENTÁRIOS

  1. Avatar for Suetoni
    Ronaldo

    O problema é que no tribunal não escapa ninguém, toda Paraíba a décadas que esses caras vivem de propina das prefeituras e órgãos públicos

  2. Avatar for Suetoni
    Marcio ramos

    volto a dizer enquanto os nobres conselheiros forem indicados pelo mandatário da vez isso tende a continuar. é o pais do faz de conta lá em cima da pirâmide uns fingem que são probos outros fingem que auditam outros fingem que julgam e no fim ta tudo em casa. ou seja entre eles a elite. aqui embaixo temos que trabalhar quase meio ano pra pagar seus luxos e excentricidades. ate quando esperar a plebe ajoelhar esperando ajuda de Deus

  3. Avatar for Suetoni
    FLORIANO MARQUES DA SILVA

    * Endosso as palavras do Dr. Octávio Paulo Neto, coordenador do Gaeco do atuante Ministério Público do Estado da Paraíba.
    * O Tribunal de Contas foi umas das minhas maiores decepções na Paraíba.
    * Fiz 24 Protocolos de denúncias e, foi tudo em vão. É triste !!! …….. Decepcionante …..
    * Repito as mesmas perguntas feitas há 20 anos:
    * Porque o TCE-PB não viu essas irregularidades e, inclusive os Editais milionários e duvidosos da Emlur e da SEAD-PB ?
    * Como que o TCE-PB aprovou ou irá aprovar as contas de gestores que já foram processados e condenados ?
    * Decepções com a Paraíba – TCE-PB, AL-PB, CMV-JP e OAB-PB –
    http://www.florianomarques.com.br/site/#noticia&id=531
    * Favor verificarem o Menu TCE-PB no Portal – http://www.florianomarques.com.br/site/
    * Fazem mais de 20 anos que faço denúncias por escrito no meu Portal – http://www.florianomarques.com.br/site/ e, também gravei vídeos sobre esses e$cândalos envolvendo milionárias somas de Recursos Públicos.- https://www.youtube.com/channel/UCoN_Y3NKVnLycAG_4fDxBgQ/videos
    * Inclusive fiz essas denúncias no Guia Eleitoral – http://www.florianomarques.com.br/site/#noticia&id=317
    * Resumo: tudo em !!! – A Paraíba foi extremamente decepcionante.

  4. Avatar for Suetoni
    JOSE GIVANILDO LIMA SA

    É VERDADE, CONCORDO COM RONALDO! É SÓ PERGUNTAR PARA TODOS OS EX PREFEITOS QUE ELES DIRÃO COMO OS CONSELHEIROS RECEBEM PROPINAS. AS CONTAS DE CAMALAÚ 2017 FOI APROVADA COM RESSALVA DEVIDO O PREFEITO SER A PRIMEIRA VEZ UM GESTOR, AÍ DERAM UMA CHANCE A ELE! QUEM JÁ VIU ISSO?

  5. Avatar for Suetoni
    Sergio Aires

    Todo apoio ao GAECO pelo excelente trabalho de Octávio e equipe. Não é de hoje que o MP faz um trabalho de excelência no combate à corrupção. Eu acompanho, inclusive, o HACKFEST, onde jovens são convidados a criar aplicativos de controle social, ativismo e fiscalização do poder público. Desbaratar o que está arraigado exige força de vontade, coragem e desprendimento material. Mas é com tenacidade que melhoramos nosso estado, afastando o espírito de impunidade e de que “o crime compensa.”

  6. Avatar for Suetoni
    Josias

    O TCE está totalmente contaminado, práticas ilícitas vem ocorrendo já a muito tempo !! O que eles não esperavam é que fossem descobertos ” a casa caiu “

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *