Executivo 20:29

Operação Calvário: João Azevêdo exonera Tatiana Domiciano da PBGás após denúncia do Gaeco

Presidente da PBGás foi relacionada como integrante do núcleo administrativo de suposto esquema de corrupção. Ela nega

Tatiana nega participação societária na Lifesa. Foto: Divulgação

A presidente da PBGás, Tatiana Domiciano, foi exonerada do cargo na tarde desta quarta-feira (18). A dispensa ocorre após o nome da dirigente ser inserido no rol dos investigados pela operação Calvário. A ação é coordenada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba, e contou com a participação da Polícia Federal, do Ministério Público Federal e da Controladoria-Geral da União (CGU).

Tatiana é citada nas investigações como sócia da Lifesa, mas a executiva nega as acusações (veja nota abaixo). De acordo com a denúncia formulada pelos promotores, ela teria atuado na Secretaria de Comunicação, no Hospital de Trauma e na Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep). Ela é o terceiro nome a deixar cargo importante no Estado desde esta terça-feira. O comando da PBGás será assumido pela diretora administrativa da empresa, Taciana Danzi Oliveira.

Denúncia

A denúncia do Ministério Público da Paraíba que resultou em 17 mandados de prisão e 45 de busca e apreensão divide os suspeitos em núcleos que comporiam a suposta organização criminosa. A relação inclui os grupos político, administrativo e econômico, além dos responsáveis pela operacionalização do esquema. O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), alvo de mandado de prisão, é apontado como o cabeça na suposta organização criminosa.

Os levantamentos apontaram que, no período de 2011 a 2019, somente em favor das OS contratadas para gerir os serviços essenciais da Saúde e da Educação, o Governo da Paraíba empenhou 2,4 bilhões de reais, tendo pago mais de 2,1 bilhões, sendo que destes, 70 milhões de reais teriam sido desviados para o pagamento de propina aos integrantes da Organização Criminosa.

Na área da saúde, as irregularidades eram executadas notadamente por meio de direcionamento de contratos de prestação de serviços, aquisição de materiais e equipamentos para as unidades hospitalares junto a empresas integrantes do esquema e indicação de profissionais para trabalharem nas unidades de saúde.

Veja nota divulgada por Tatiana antes da exoneração:

Na condição de Diretora Presidente da PBGás e cidadã, venho, por meio desta, informar:

1 – quanto à medida cautelar inominada sob o nº 0000835-33.2019.815.000 , que deflagrou mais uma fase da Operação Calvário, apenas tive ciência hoje, via imprensa estadual, razão pela qual estou buscando o acesso integral aos termos do processo;

2 – A Companhia de Desenvolvimento da Paraíba – CINEP possuía assento no Conselho de Administração do LIFESA/PB, por designação estatutária, não tendo a pessoa física Tatiana Domiciano qualquer relação societária com aquele laboratório;

3 – Enquanto Diretora Presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba – CINEP e demais órgãos onde atuei, sempre busquei agir com honra e competência, visando atender ao interesse público e coletivo;

4 – que nenhum mandado foi expedido em meu nome e que me coloco à disposição para quaisquer esclarecimentos que se fizerem necessários .

Tatiana da Rocha Domiciano

Mais Notícias

COMENTÁRIOS

  1. Avatar for Suetoni
    manoel de paula rego

    parece que os cargos de direçao no governo do ricardao ladrao,foram direcionados exclusivamente para pessoas desonestas. sera que tem muita diferença com o coleguinha ladrao comprovado ? a diferença que noto é apenas a relevancia dos cargos mas amaneira de roubar é semelhante.cadeia neles.

  2. Avatar for Suetoni
    Pedro Marques – CAMPINA GRANDE-PB

    É assim mesmo. São todos uns SANTINHOS. Mais um dia a Casa Cai. E caiu !!!!
    Esse Senhor RC era todo um Santo. Até falava dos outros, E a falcatrua veio á tona.

  3. Avatar for Suetoni
    Pedro Marques – CAMPINA GRANDE-PB

    São todos uns SANTINHOS. Mais um dia a Casa Cai. E caiu !!!!
    Esse Senhor RC era todo um Santo. Até falava dos outros, E a falcatrua veio á tona.

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *