Judiciário 8:36

Raquel Dodge empossa procurador-chefe do MPF na Paraíba e procurador eleitoral

Marcos Alexandre Bezerra Wanderley de Queiroga e Victor Carvalho Veggi foram empossados em Brasília

 

Marcos Queiroga foi empossado durante solenidade em Brasília pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Foto: Divulgação

O novo procurador-chefe do Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba, Marcos Alexandre Bezerra Wanderley de Queiroga, e o novo procurador regional eleitoral, Victor Carvalho Veggi, tomaram posse nesta segunda-feira (2), na Procuradoria-Geral da República, em Brasília. Os substitutos são, respectivamente, os procuradores Sérgio Rodrigo Pimentel de Castro de Pinto e Rodolfo Alves Silva. Os procuradores foram empossados pela nova procuradora-geral da República, Raquel Elias Ferreira Dodge.

Natural de Cáceres (MT), Marcos Alexandre Queiroga é de família paraibana e radicado no estado desde criança. Graduou-se em Direito pela UFPB em 2003. Atuou como promotor de Justiça na Paraíba de 2003 a 2006, tendo passado pelas Comarcas de Santana dos Garrotes e Piancó. No ano de 2006, ingressou no Ministério Público Federal, sendo lotado na Procuradoria da República no Município (PRM) de Caruaru (PE) até 2008. Entre os anos de 2009 e 2013 atuou na PRM de Campina Grande. Antes de tomar posse nesta segunda-feira, exercia o cargos de procurador-chefe substituto do MPF/PB e procurador regional eleitoral.

“Como chefe, assumo a representação do órgão no Estado, ficando encarregado sobretudo das questões administrativas. O objetivo maior da chefia é viabilizar as condições materiais e humanas para que cada integrante do Ministério Público possa desenvolver suas atividades fins com total independência funcional, que é característica essencial de nossa instituição. Em tempos de restrição orçamentária, o desafio de manter em funcionamento uma estrutura compatível com a demanda do órgão será enorme, inclusive em decorrência do recente processo de interiorização do Ministério Público Federal, que atualmente conta com unidades também em Guarabira, Campina Grande, Monteiro, Patos e Sousa (além de João Pessoa). A manutenção da excelência dos serviços alcançada pela gestão passada será uma das metas, com melhorias da estrutura das unidades do interior, aliada à exploração de novas potencialidades surgidas com a recente inauguração de nossa sede na capital. Em João Pessoa, promoveremos um espaço aberto ao público para discussões de temas de interesse de toda sociedade, em eventos periódicos, que digam respeito sobretudo ao Ministério Público. A interlocução com a população é um dos melhores combustíveis para nossa atuação”, declarou Marcos.

O novo procurador-chefe do MPF na Paraíba disse ainda que além da persecução penal e do combate à corrupção, a defesa do cidadão, do meio ambiente, das minorias e dos Direitos Humanos será prioridade em sua gestão. “Na verdade, os temas da corrupção e dos Direitos Humanos são indissociáveis. O desvio de recursos impede a prestação de políticas públicas de qualidade, afetando diretamente a inclusão social, a defesa do meio ambiente e os serviços públicos essenciais, garantidores da dignidade do cidadão”, acrescentou.

Eleitoral

O novo procurador regional eleitoral, Victor Carvalho Veggi, é natural de Muriaé (MG) e formou-se em Direito pela Universidade Federal de Viçosa, em maio de 2002. Já esteve lotado na Procuradoria da República no Município de Sousa e na Procuradoria da República no Município de Campina Grande, ambas na Paraíba. Foi procurador-chefe do MPF/PB por dois mandatos consecutivos. Exerceu o cargo de secretário adjunto na Secretaria de Pesquisa e Análise (SPEA), no gabinete do PGR Rodrigo Janot.

 

Mais Notícias

COMENTÁRIOS

  1. Avatar for Suetoni
    Herculis da Siva

    Isso, me sinto orgulhoso em ver o nome de um paraibano sendo empossado no ministério público federal, significa que ainda temos homens e mulheres sérios no nosso Brasil.

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *