Música 8:46

HERBERT VIANNA FAZ 60 ANOS

Não fosse Gilberto Gil, talvez eu nunca tivesse ouvido Os Paralamas do Sucesso.

Aquela geração do rock brasileiro dos anos 1980 não me interessou no instante em que ela explodiu.

Simples.

Eu tinha a idade dos caras (um pouco mais, caso de Herbert Vianna; um pouco menos, caso de Cazuza) e achava que aquilo era coisa de adolescente.

E, por outro lado, ainda não tinha atingido uma faixa etária que me forneceria maturidade para compreender bem o fenômeno.

Resultado: rock brasileiro dos anos 1980, estou fora.

Aí veio o Rock in Rio com aquela imagem inesquecível de Cazuza, cantando Pro Dia Nascer Feliz e saudando a eleição de Tancredo Neves. E houve o êxito absoluto do show dos Paralamas, ainda no formato de power trio. Sem esquecer da fala forte de Gil sobre o grupo liderado pelo paraibano Herbert Vianna.

Conclusão: assunto para debater com Gil na sua próxima passagem por aqui, João Pessoa ou Recife.

Ele fez a defesa total da nova geração do rock BR e me disse algo que ficou guardado no meu HD:

“Vejo Caetano jovem em Cazuza e me vejo jovem em Herbert”.

E, por fim, sugeriu que eu fosse ver Os Paralamas ao vivo.

Foi quase como uma ordem a obedecer. Ordem dada por um mestre.

Fui. Forrock, ainda sem cobertura, inicio de 1988. Já não era mais um power trio. Havia outros músicos incorporados ao grupo.

Fui e eles me conquistaram. No palco, vistos de perto, tinham força, tinham vigor, tinham ouvidos atentos e olhos bem abertos para outras influências, para matrizes importantes da música brasileira, além do rock tipicamente anos 1980 que produziam quando surgiram no mercado dos discos e dos shows.

Nunca mais deixei de segui-los. Discos, shows, uma ou outra conversa com Herbert, antes do trágico acidente que quase lhe tira a vida, no início de 2001.

O dia hoje é de Herbert, mas minha homenagem a ele se dá através dessa história tão pessoal.

Nesta terça-feira (04), Herbert Vianna faz 60 anos.

Herbert Vianna, sobrinho de Assis Lemos, figura lendária da política paraibana.

Herbert Vianna, nascido na Epitácio Pessoa, na maternidade do Grupamento de Engenharia – como ele gosta de dizer.

Salve Herbert! Salve Os Paralamas do Sucesso em sua longeva trajetória!