Mais Cultura 8:56

Assinatura de Bolsonaro macularia o Prêmio Camões de Chico Buarque

O presidente Jair Bolsonaro, entre os muitos defeitos que tem, sofre de incontinência verbal.

As bobagens que diz fazem um mal danado ao seu governo e ao Brasil.

Só os bolsonaristas não querem enxergar.

O comentário sobre sua assinatura no Prêmio Camões concedido a Chico Buarque foi uma dessas bobagens.

Bolsonaro disse que tem até 31 de dezembro de 2026 para assinar, como se tivesse a convicção de que será reeleito.

Quanta arrogância!

Que fala inadequada à liturgia do cargo que ocupa!

O Prêmio Camões é concedido em parceria pelos governos do Brasil e de Portugal.

Dessa vez, vai para Chico Buarque e será entregue em Portugal, no ano que vem.

Aos presidentes dos dois países, cabe apenas assinar, gostando ou não do homenageado.

O presidente de Portugal já o fez, vimos nesta quarta-feira (09) a entrevista dele no Jornal Nacional.

E é o que Bolsonaro deveria fazer. Sem qualquer mimimi.

Mas, convenhamos, é melhor que não o faça.

Bolsonaro é um político de extrema direita.

Chico – um dos grandes artistas do Brasil – é um homem de esquerda.

A assinatura de Jair Bolsonaro macularia o Prêmio Camões de Chico Buarque.