Cinema Vídeos 7:30

Bob Dylan já foi mulher, eu sei! Seu Jorge pode ser Marighella!

I’m Not There.

Não Estou Lá.

Já viram?

É um filme incrível sobre Bob Dylan.

Direção de Todd Haynes.

Se quisermos, tem algo de cinebiografia, mas é evidente que não é uma cinebiografia do artista.

Falta linearidade para que seja.

Melhor dizer que é uma grande “viagem” pela vida privada, pela persona pública, pela música e pelo universo poético de Dylan.

Jamais será devidamente compreendido e saborosamente degustado por quem não tem intimidade com o que ele produziu.

Quanto mais intimidade, melhor.

Cinco atores e uma atriz (!) intepretam Bob Dylan em Não Estou Lá.

Destaco que o Dylan criança não é branco.

E que o Dylan de meados dos anos 1960 não é homem.

Sim! É uma mulher!

Cate Blanchett, em impecável performance, é o Dylan tal como vimos o artista no documentário Don’t Look Back, clássico do gênero, dirigido por D.A. Pennebaker. Lembram?

Cate Blanchett é o Dylan que trocou o violão folk pela estridência da guitarra elétrica. O cara que dialogou com os Beatles e com o poeta Ginsberg.

Em Não Estou Lá, há cinco homens fazendo Dylan, mas ninguém faz tão bem quanto Blanchett.

É impressionante!

Vejam o trailer.