Política 20:00

Caso Maranata: TCE julga irregulares contas de ex-secretário da PMCG e imputa débito de R$ 5,8 milhões

Foto: Ascom

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) julgou irregulares as contas de 2012 do ex-secretário de Obras de Campina Grande, Alex Azevedo Cruz, com imputação de débito no montante de R$ 5,8 milhões. Os conselheiros apontaram a existência de despesas não comprovadas.

No julgamento, ocorrido hoje, ficou definido que os valores deverão ser ressarcidos ao município, solidariamente, pelos também ex-auxiliares da gestão Júlio Cesar de Arruda (ex-secretário de Finanças) e Rennan Trajano Farias (ex-tesoureiro).

Entre as irregularidades apontadas pela auditoria e ratificadas pelo Ministério Público estão pagamentos à empresa Maranata sem a devida comprovação e despesas sem processo de licitação.

Ainda cabe recurso da decisão.

Até agora o blog ainda não conseguiu contato com os ex-secretários. O espaço está sempre, claro, aberto a manifestações de todos os citados pelo TCE.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *