Opinião 10:48

Governo endureceu regras, mas índices de isolamento social na Paraíba continuam baixos

Foto: Arquivo Jornal da Paraíba

As medidas de isolamento social, os decretos e regras, são importantíssimos para o enfrentamento à pandemia. Mas eles sozinhos, não conseguem, nem de longe, resolver o problema. Na Paraíba os decretos não têm sido suficientes, inclusive, para sequer ampliar os índices de isolamento social.

Dados da plataforma ‘Inloco’ mostram que o índice de isolamento social no Estado continua muito abaixo do patamar recomendado pelas autoridades de saúde. O nível é semelhante ao registrado no restante do país, com altos e baixos.

O endurecimento das regras, do fim de fevereiro para cá, não provocou uma alteração significativa nesses dados.

Agora, na fase mais grave da pandemia, os números ainda oscilam entre 46% e 48% nos fins de semana e de 40% a 33% de segunda a sexta-feira.

Foto: reprodução

Ontem, por exemplo, a plataforma registrou um índice de 46,6%. No dia 17 deste mês, o isolamento foi de apenas 35,4%. No dia 5 de março chegou a 33,7%.

Do início da pandemia até hoje, o Estado registrou o maior índice no dia 22 de março do ano passado, com 58,5%. Depois, foi reduzindo aos poucos esse percentual.

Os números da plataforma são utilizados pela Secretaria de Saúde do Estado no acompanhamento da crise. Eles deixam um recado claro aos poderes públicos: os decretos sozinhos, sem fiscalização, não alteram o quadro.

Antes de endurecer as regras, é preciso ampliar as ações de fiscalização para garantir o cumprimento das já existentes. Do contrário, a ‘letra fria’ continuará sem resultados expressivos…

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *