MP pede impugnação de três candidaturas a vereador e do PT de Campina Grande

Prazo para impugnações terminou ontem. PT diz que já regularizou situação, após desistência de candidata

Nelson Júnior/Ascom TSE

O prazo para impugnação de candidatos terminou ontem. E em Campina Grande o Ministério Público Eleitoral ingressou com pedidos de impugnação contra três candidatos ao Legislativo municipal, além de uma impugnação que tem como alvo o Partido dos Trabalhadores (PT). No caso do PT, pelo não preenchimento correto da cota de gênero. As informações são do cartório da 16ª Zona Eleitoral.
No caso dos candidatos, são alvos das impugnações Gilson Lima Perreira, candidato pelo Solidariedade; Adriel Felipe Rodrigues, do PC do B; e Robson Dutra, do Podemos. Os pedidos ainda serão analisados pelo juiz Alexandre Trineto.
No caso do Partido dos Trabalhadores, o cartório eleitoral informou que a legenda já modificou o percentual de candidaturas de mulheres, estando dentro do percentual mínimo de 30%.
O presidente do partido, professor Hermano Nepomuceno, explicou que uma das candidatas desistiu de disputar o pleito após o registro da ata da convenção partidária. “E aí nós incluímos uma nova candidatura e solucionamos a questão”, explicou ao Blog.

Veja também  Após novo piso salarial, MPT apura denúncias de assédio e demissões de enfermeiros na Paraíba