Política 10:45

PT decide apoiar candidatura de Falcão em Campina e oposição deve sair ‘rachada’ no 1º turno

Grupo deverá ter pelo menos três candidaturas. Em 2016 oposições se dividiram e perderam no primeiro turno

Foto: Pleno Poder

O bloco de oposição em Campina Grande deverá ter mais de uma candidatura no primeiro turno das eleições deste ano. Pelo menos é o que indica a decisão do PT, ontem, ao definir o apoio do partido à pré-candidatura do deputado Inácio Falcão (PC do B). Através de videoconferência o diretório municipal aprovou por 22 votos a 12 a tese de apoio ao PC do B. O posicionamento ainda passará pelo crivo da executiva nacional da legenda e poderá resultar no apoio do PC do B à candidatura do deputado Anísio Maia (PT) à prefeitura da Capital.

Falcão deverá encabeçar a ‘chapa’ lançada pelos partidos de esquerda, integrantes do fórum Pró Campina (PDT, PC do B, PT, PSOL, PSB), enquanto a ex-secretária do Estado, Ana Cláudia Vital (Podemos), sairá candidata com o apoio de outras legendas e de parte do PSB – ligada ao senador Veneziano Vital (PSB).

O movimento poderá levar os oposicionistas a seguirem o mesmo caminho de 2016, quando a oposição foi dividida às urnas entre a candidatura de Veneziano Vital e do deputado Adriano Galdino e foi derrotada já no primeiro turno. O cenário de 2020, claro, é outro, mas o risco existe.

Candidatura de Bolinha

A oposição ainda deverá ter uma outra candidatura, a do empresário Artur Bolinha (PSL). Ele, no entanto, tem uma plataforma de propostas bem diferente de Inácio e Ana Cláudia. Bolinha é perfilado à direita, com um discurso liberal e fundado no desenvolvimento.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *