João Paulo Medeiros

Romero anuncia veto ao aumento de tarifa do Uber e aplicativos em Campina Grande

Prefeito antecipou o veto ao projeto, depois da repercussão na cidade

Prefeito anunciou que vetará Emenda

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, anunciou na tarde desta quarta-feira (19) que vai vetar a Emenda aprovada ontem pela Câmara de Vereadores do município, que reajusta o valor mínimo das corridas no Uber e demais aplicativos. A antecipação do veto acontece depois da grande repercussão negativa na cidade, com a aprovação do reajuste.
“Haveremos de vetar uma parte do projeto que foi deliberado no dia de ontem no Legislativo. Essa questão da tarifa, esse ponto será vetado”, informou.

Veja também  No dia da visita de Bolsonaro, Parque do Povo canta ‘olê, olá’ de Lula em Show de Juliette

O projeto
Na última sessão do semestre da ‘Casa’ os vereadores aprovaram, sem emendas, o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Eles também aprovaram o projeto 162/2019, que regulamenta o serviço de Transporte Remunerado Privado Individual de Passageiros por meio de Plataforma Individual (UBER, 99, Cabify e Urbano). A proposta aprovada que regulamenta o transporte por aplicativo determina que o valor mínimo da tarifa paga será o dobro da passagem do transporte coletivo urbano.
Hoje, em Campina Grande, seria R$ 7,40, considerando que uma passagem de ônibus custa R$ 3,70. Atualmente o valor mínimo de uma viagem de Uber é R$ 5,43.