Conteúdo 8:42

Girl power

Lista anual da Fortune que compila os maiores nomes corporativos e profissionais dos Estados Unidos, tem 41 mulheres.

 

 

 

A Fortune 500, lista anual que compila os maiores 500 nomes corporativos e profissionais dos Estados Unidos, conta com 41 mulheres entre os maiores administradores de empresas.

O número é um recorde, sendo que 2 destas são negras.

Há 67 anos, a listagem aponta grandes nomes de administradores e de empresas norte-americanas.

Segundo reportagem na revista Fortune, os marcos para mulheres que são chefes executivas na lista são observados atentamente por quem acompanha a diversidade de gênero.

O número representa um crescimento de 8,1% da presença feminina em cargos executivos.

Em entrevista à revista Fortune, a CEO da organização de igualdade de gênero Catalyst, Lorraine Hariton, afirmou que é preciso “contar a história otimista, mas não exuberante, sobre o que está acontecendo com as mulheres”.

A presença feminina traçou as conquistas listadas quando a ex-presidente da empresa Aetna (assistência médica) Karen Lynch assumiu o cargo de CEO na farmacêutica CVS Health, que foi classificada em 4º lugar da lista empresarial de 2021, o mais longe já conquistado por uma mulher.

A farmacêutica é avaliada em U$ 268 bilhões e é considerada a maior empresa administrada por uma mulher.

Lynch foi seguida por Roz Brewer, ex-executiva da Starbucks que assumiu o cargo de CEO na Walgreens Boots Alliance em março.

Até o momento, Brewer era a única mulher negra dirigindo uma empresa presente na lista Fortune 500.

Em maio, Thasunda Brown Duckett assumiu o cargo de CEO da TIAA, empresa de investimentos em aposentadoria.

Duckett se tornou a 2ª mulher negra na lista que em 66 anos contou com apenas 1 negra, Ursula Burns (que foi executiva da Xerox Holdings, empresa de tecnologia da informação e documentação).

Fonte: Poder 360

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *