Vagas 8:57

Mercado de trabalho

LinkedIn mostra empregos em alta em 2021.

 

 

O LinkedIn elaborou um estudo que aponta os 15 setores do mercado de trabalho que mais cresceram entre abril e outubro de 2020, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

A tendência é de que, mesmo com as mudanças provocadas pela pandemia do novo coronavírus, essas áreas continuem em alta este ano. Entre as áreas que mais cresceram estão as relacionadas ao setores de saúde e tecnologia.

A procura por profissionais da área de saúde aumentou 820% impulsionada pela pandemia. A demanda por cargos de apoio à saúde, como profissionais como balconistas de farmácia e encarregados médicos também subiu 64% em 2020.

O estresse provocado pelo isolamento social e pela própria pandemia fez com que aumentasse a demanda por especialistas em saúde mental.

A área de tecnologia, mesmo com a crise, teve crescimento acelerado em 2020. Entre os cargos abertos, 20% foram em funções remotas.

No setor de pesquisa, organizações como o Instituto Butantan, o IQVIA e o PRA Health Sciences foram as que mais contrataram em 2020.

Entre os cargos que tiveram aumento de contratações na área de negócios estão os de diretor executivo, especialista e diretor em vendas.

Durante a pandemia, as empresas também investiram mais em sua presença na internet. A contratação de coordenadores de conteúdo e editores de vídeo, por exemplo, aumentou 74% em 2020. O aumento da demanda online também levou as empresas a contratarem especialistas em e-commerce, especialmente em cargos de logística e marketing digital.

A redução de orçamentos, por conta da crise, levou as empresas a contratarem profissionais do setor criativo como autônomos. No caso dos ilustradores, 2020 registrou aumento de 67% nas contratações, na comparação com o ano anterior.

Segundo o LinkedIn, cargos relacionados à gestão de mídias sociais e de marketing digital devem crescer e contratações no setor de telemarketing cresceram 67%.

O setor de análise de dados tem crescido de forma constante ao longo dos anos. Segundo o LinkedIn, em 2020 a demanda foi alta para postos como engenheiro de dados e analista de desempenho.

Postos voltados ao atendimento ao cliente cresceram 37% no ano passado. O levantamento do LinkedIn aponta, ainda, que o Mercado Livre foi uma das empresas que mais contratou gerentes de experiência e de atendimento ao cliente.

Bancos e corretoras também foram responsáveis por boa parte das contratações de consultores e executivos financeiros em 2020.

E, por fim, para dar conta dos aumentos expressivos na venda online, os varejistas tiveram que modificar estratégias, transferir operações para o ambiente online e, ainda, lidar com o crescimento do fluxo de suporte ao cliente.

Fonte: Uol

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *