Mercado em Movimento

Camila Esposte
Láuriston Pinheiro

Educando para transformar

Fundação Telefônica Vivo lança série de podcasts sobre o papel de todos para melhorar a educação.

Imagem: Divulgação

 

A Fundação Telefônica Vivo acaba de lançar uma série de podcasts sobre a importância transversal da educação. O projeto foi idealizado em parceria com o Estúdio Folha, da Folha de S. Paulo, curadoria da Fundação Telefônica Vivo e plano de mídia coordenado pela agência África.

A escolha da linguagem em podcasts deve-se, especialmente à conveniência e à liberdade de consumo.

“Educando para Transformar” traz seis episódios, direcionados aos principais atores da educação. A série completa será disponibilizada gratuitamente no canal da Fundação Telefônica Vivo no Spotify e na página oficial do projeto.

A Fundação Telefônica Vivo já trabalhou com este formato em outros projetos e a aderência é especialmente significativa pela facilidade de ouvir os áudios por dispositivos móveis, em movimento, online ou offline.

Além disso, os podcasts são fonte de informação de fácil assimilação e, por isso, os ouvintes se sentem mais conectados após ouvirem as discussões, especialmente devido ao melhor aproveitamento do tempo.

O primeiro episódio, “Da sala de aula, pra sala de casa: a parceria entre pais e educadores”, trata a relevância da aproximação dos pais com a escola.

Mediado pela jornalista Marta Avancini, tem participação da professora Sônia dos Santos Porto, da rede municipal de Guarapari, no ES; Roberta Bento e Taís Bento, que são mãe e filha e atuam como educadoras e orientadoras de famílias na relação com a escola; e André Luís Correia, que é educador e criou o projeto Educação Contagiante a partir da experiência que teve com seus filhos que tiveram de trocar a sala de aula pelas aulas remotas em decorrência da pandemia.

Veja também  Anúncios em vídeo movimentaram R$ 8,6 bilhões e predominaram nas redes sociais em 2020

O segundo episódio fala da “Profissão Professor”, abordando o que leva pessoas a escolherem a profissão, expectativas que se mostraram reais ou não, pontos positivos e desafios da escolha profissional.

O debate conta com a participação dos professores Gina Vieira Ponte, de Brasília, Giovani José da Silva, do Amapá, e Samara Machado, uma das educadoras responsáveis pelo projeto “As Minas da Redação”.

Os episódios serão lançados semanalmente e terão como tema “Relação educador e aluno: Despertando sonhos, descobrindo as múltiplas inteligências de cada indivíduo”; “A escola estimulando o protagonismo do jovem”; “O poder da educação na transformação das comunidades”; e “Voluntariado na escola”.

Os temas foram cuidadosamente selecionados para mostrar a relevância de cada um dos públicos no contexto de melhorar a educação.

“Mais do que nunca, em função do isolamento social causado pela pandemia, estamos vendo o quanto educar é um papel de todos, não somente da escola”, explica Americo Mattar, diretor presidente da Fundação Telefônica Vivo.

“Este é um projeto muito especial para a Fundação, pois reafirma o que constantemente vimos e vivenciamos no trabalho com educadores no dia a dia”, completa.