Entre Linhas

Entre Linhas

Morre ex-goleiro paraibano Lula, pivô da polêmica sobre o milésimo gol de Pelé

Lula tinha 74 anos, estava internado em um hospital de Itabaiana e morreu após um quadro de infecção generalizada.

Por Raniery Soares

Luís Marques, o Lula, foi protagonista da polêmica envolvendo o milésimo gol de Pelé (Foto: Reprodução / TV Globo)

 

O ex-goleiro do Botafogo-PB, Luís Marques, morreu nesta quinta-feira (5) na cidade de Itabaiana, no interior da Paraíba. Lula, como ficou conhecido no mundo do futebol, é protagonista de uma das maiores polêmicas do esporte: foi ele quem sofreu o 999 ou o milésimo gol de Pelé? A informação foi confirmada ao Entre Linhas pelo diretor de Esportes da Prefeitura de Itabaiana, cidade onde Lula vivia, Marcos Antônio.

Lula, que tinha 74 anos, estava internado em um hospital público da cidade e a causa da morte foi um quadro de infecção generalizada.

Para quem não conhece a história, o paraibano era o responsável por defender o gol no jogo Botafogo-PB e Santos-SP, realizado no dia 14 de novembro de 1969, no Estádio Olímpico, local onde hoje funciona a Vila Olímpica Parahyba. O time paulista realizava uma turnê pelo Nordeste, quando recebeu o convite do Belo para um jogo comemorativo de entrega da faixa de bicampeão paraibano.

“Depois que entraram em campo, após a solenidade que antecedeu o jogo, os dois times se perfilaram para cumprimentarem uns aos outros. Antes de iniciarmos a partida, fomos cumprimentar cada um e quando eu e Pelé ficamos frente a frente, ele me disse: garoto, é hoje o dia. Se cuide para não levar o gol, porque hoje eu vou tentar fazer”, lembrou Lula, em entrevista concedida ao Jornal da Paraíba em 2009.