Treze 16:14

Treze registra a sua maior sequência do século sem vitórias

Por Pedro Alves

Foto: Jefferson Cariri / Treze

Não deu para o técnico Wellington Fajardo, em sua estreia, não assinar seu nome no pior jejum de vitórias do século do Treze. Com mais um empate na Série D do Campeonato Brasileiro deste ano, dessa vez em casa, com o América-RN, o Galo registrou a sua maior sequência de derrotas neste século. São 10 jogos e mais de dois meses sem saber o que é vencer na temporada.

 

A última vitória foi no dia 6 de maio, diante do Nacional de Patos. Pelo Paraibano, o Treze bateu o Canário por 2 a 1, no Amigão, mesmo palco do empate por 2 a 2 contra o Mecão, nesse domingo. De lá para cá encarou Perilima, Campinense, São Paulo Crystal, ABC, Atlético-CE, Central de Caruaru, Campinense, Sousa (duas vezes) e América-RN. São sete empates e três derrotas no período.

 

Antes disso, as piores sequências deste século eram a atual e uma em 2006, de 9 partidas sem saborear uma vitória. Naquele ano, na fase final da Terceirona, o Galo, de maneira seguida, perdeu duas para o Criciúma, e uma para Ferroviário, Brasil de Pelotas, Vitória, Bahia e Grêmio Barueri-SP. Empatou ainda com Ferroviário e Ipatinga, naquele período de jejum.

 

O Treze é o lanterna do Grupo 3 da Série D deste ano, com cinco pontos, oriundos de cinco empates. O Galo só perdeu uma na competição. Em compensação não venceu nenhuma. Consegue competir os jogos, dificilmente é inferior aos adversários, mas não alcança os três pontos dentro de um jogo. Realidade que não adianta muita coisa. Porém normal para um trabalho que foi muito confuso na temporada.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *