Entre Linhas

Entre Linhas

‘Colombiano do Nacional’ nem entra em campo, mas usa gol de outro jogador para se incluir em falsa Seleção do Paraibano

Anunciado em janeiro de 2021, atleta foi relacionado apenas para uma partida e, mesmo assim, ficou no banco de reservas.

Por Raniery Soares

Alguns torcedores já podem ter ouvido a expressão “dirigente tal contratou esse jogador pelo DVD”, que é comum no meio do futebol, quando se refere ao portfólio com as melhores jogadas que alguns atletas encaminham aos clubes, visando oportunidades de contratação. Mas e quando um jogador publica em suas redes sociais um gol que foi marcado por um companheiro de equipe, como se fosse seu, utilizando isso para entrar em uma falsa seleção do Campeonato Paraibano, em uma rodada que ele nem atuou?

 

Sergio Villareal foi apresentado pelo Nacional de Patos em janeiro de 2021 (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

 

Contratado pelo Nacional de Patos como um jogador inusitado para a temporada 2021, pelo fato de ser colombiano e o primeiro ‘gringo’ a atuar na história do Verdão Maravilha, o volante Sérgio Villareal foi o protagonista desse episódio nesta terça-feira (25).

O jogador foi relacionado apenas para a partida de estreia do Nacional de Patos no Campeonato Paraibano, contra a Perilima, mas sequer entrou no jogo e ficou apenas no banco de reservas. Das sete partidas que o Canário do Sertão disputou na primeira fase da competição, ele foi relacionado apenas para a primeira.

Ele fez duas publicações em sua conta no Instagram, sendo a primeira um gol marcado pelo volante Fernando Pires, também do Nacional, na partida contra o Treze e válida pela quarta rodada do Estadual, que aconteceu no dia 6 de maio. Villareal utilizou imagens dos melhores momentos da transmissão exclusiva do Jornal da Paraíba como sendo um gol marcado por ele.

 

 

Foto: Reprodução/Redes Sociais

 

O problema é que o jogador colombiano havia sido dispensado do time sertanejo dias antes deste jogo, em 26 de abril, de acordo com uma nota oficial divulgada através do perfil oficial do clube no Instagram.

 

Foto: Reprodução/Redes Sociais

 

A outra publicação feita em sua rede social é uma falsa seleção da 4ª Rodada do Campeonato Paraibano. Além de jogadores com times trocados, ele se coloca no selecionado de uma rodada que ele sequer atuou, afinal ele já havia sido dispensado do Nacional de Patos.

Na publicação estão Natalício, que é do Sousa e na suposta seleção aparece como jogador do Atlético de Cajazeiras, além de Marquinhos, que surge como um atleta do Sousa, mas que foi dispensado junto com Sérgio Villareal do Nacional de Patos.

Ainda tem um terceiro jogador, este sendo do Treze, que aparece como “Marcelo D” e utilizando o número 32. Na quarta rodada, o Galo da Borborema enfrentou o Nacional de Patos no Estádio Amigão, mas na relação de atletas do time de Campina Grande não existe nenhum jogador Marcelo e que algum sobrenome comece com a letra D (os mais próximos seriam Marcelino Barbosa e Marcelo Júnior), além de não existir também a camisa número 32.

 

Foto: Reprodução/Redes Sociais

 

As publicações repercutiram nas redes sociais e em grupos de WhatsApp formados por torcedores. O Entre Linhas tentou contato com o atleta, mas os seus perfis em sites de redes sociais são privados.

Sérgio Villareal foi anunciado pela diretoria do Nacional em janeiro deste ano, como uma das grandes apostas do clube para o Campeonato Paraibano. Jogador de 25 anos, ele é natural de Bogotá, capital da Colômbia, com passagens por clubes como Millionários, Cúcuta Deportivo e Fortaleza FC, todos do futebol colombiano. Sua última passagem antes do Naça foi pelo Mostra FC, equipe de Malta, na Europa.

Ele chegou a defender seleção colombiana no mundial sub-20 de 2015, realizado na Nova Zelândia, onde atuou em três partidas e foi titular em duas delas.