Entre Linhas

Entre Linhas

Agora no Campinense, Itallo obtém vitória em ação trabalhista contra o Treze, condenado a pagar R$ 265 mil; Galo pode recorrer

Galo foi condenado a indenizar seu ex-zagueiro em R$ 265 mil; decisão cabe recurso

Por Pedro Alves

Foto: Bruno Rafael

Itallo nem sonhava, talvez, em voltar para o futebol de Campina Grande, quando no dia 4 de maio obteve ganho de causa na Justiça do Trabalho contra o Treze. É mais uma condenação do Galo da Borborema, que acumula dívidas que gira em milhões de reais. A condenação é de cerca de R$ 265 mil. Agora no Campinense, o zagueiro busca vitórias também em campo contra o ex-clube. 

 

Com mais de 70 jogos pelo Galo, um acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro e um título estadual  –  em que participou mais fora do que dentro de campo -, Itallo merecia bem mais respeito pelas gestões trezeanas. Mas não foi o que ocorreu. 

 

O defensor, que muitas vezes foi capitão do Galo, moveu uma ação contra o Treze, acusando o clube de não lhe pagar alguns meses de salários salários e de lhe demitir irregularmente, num momento em que ele tinha, por direito, estabilidade no vínculo empregatício, devido a uma lesão grave no joelho, considerada acidente de trabalho. Itallo foi demitido em dezembro de 2020, mas, pela lei, tinha estabilidade até julho de 2021. A denúncia ainda citava mais coisas, como ausência de recolhimento de FGTS, por exemplo.

 

Nem foi difícil ganhar a causa. O processo simplesmente correu à revelia, que é quando o denunciado não vai se defender. Por conta disso, a Justiça do Trabalho deu ganho de causa ao atleta, que, de acordo com ela, conseguiu provar as denúncias. 

 

O Treze tem até esta quinta-feira para recorrer. Dia de jogo do Alvinegro. O Galo encara o São Paulo Crystal pela repescagem do Campeonato Paraibano. E continua contratando jogadores. Se reforçando. Como consegue trazer mais atletas, sem pagar os que lá estão e as dívidas? Não sei. 

 

O blog tentou entrar em contato com o presidente do Treze, Walter Júnior, que promete desde a semana passada um posicionamento sobre o caso, que ainda não veio. O espaço está aberto para quando o Galo quiser se posicionar.