Campeonato Paraibano 15:51

Confira a seleção da 1ª rodada do Campeonato Paraibano

Por Expedito Madruga

Jefferson Cariri / Treze

Toda rodada, o Jornal da Paraíba vai eleger os melhores de cada posição do Campeonato Paraibano. A ideia é exaltar os melhores jogadores de cada rodada, para o torcedor ter uma ideia maior dos destaques da competição. Na lista de jogos da estreia da competição, a goleada do Treze foi primordial para o clube emplacar quatro jogadores na seleção. Representantes de Botafogo-PB, Nacional de Patos, São Paulo Crystal e Perilima também entraram nos onze melhores. Confira abaixo a seleção da 1ª rodada. 

 

Goleiro: Felipe (Botafogo-PB) – Defendeu um pênalti e fez defesas importantes na vitória do Botafogo-PB sobre o Sousa. Mostra espírito de liderança a cada jogo, comandando a boa defesa do Belo.

 

Lateral-direito: Gabriel Paulino (Nacional de Patos) – Fez o primeiro gol de falta do Campeonato Paraibano. Fora isso, uma boa partida no apoio e na marcação.

 

Zagueiro: Cleiton (São Paulo Crystal) – O zagueirão jogou sério e ganhou tudo por cima. Dominou o ataque do Campinense no gramado pesado do Carneirão.

 

Zagueiro: Rômulo (Treze) – Se o ataque do Atlético não ofereceu tanto perigo, mérito também do xerifão do Galo, que comandou a defesa na estreia do campeonato.

 

Lateral-esquerdo: Wellington (Treze) – Apoiou bem o ataque, se tornando uma boa opção ofensiva diante da inoperante defesa atleticana.

 

Volante: Darlan (Treze) – Mais um que se destacou na tranquila estreia do Galo. Controlou o meio-campo e até se arriscou nas subidas ofensivas.

 

Volante: Juninho (Botafogo-PB) – Entrou no segundo tempo contra o Sousa e mudou o rumo da partida. Foi esperto na jogada do pênalti sofrido e ainda mostrou muito espírito de equipe ao ajudar na marcação.

 

Meia: Araújo Love (Nacional de Patos) – Depois de um primeiro tempo morno em Patos, Araújo Love entrou para incendiar a partida. Comandou o time que por pouco não sai com a vitória no JC.

 

Meia: Birungueta (Treze) – Foi o nome da rodada, com direito a hat-trick e homenagem ao filho autista. Três gols com a marca de um grande artilheiro, com senso de oportunismo e boa colocação.

 

Atacante: Fábio Lima (Perilima) – Se todo mundo só falava de Peixeiro no ataque da Perilima, foi Fábio Lima quem acabou decidindo. Ele marcou um belo gol de fora de área na reta final da partida e garantiu um pontinho precioso no empate contra o Nacional.

 

Atacante: Biro-Biro (São Paulo Crystal) – Marcou um golaço de falta para abrir a vitória sobre o Campinense. Fora isso, infernizou a defesa adversária com muita movimentação no ataque.

 

Técnico: Marcelinho Paraíba (Treze) – Botou um time ofensivo para jogar, que fez bem sua parte de bater o Atlético de Cajazeiras, com até certa tranquilidade.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *