Copa do Brasil 20:23

Treze perde para o América-MG no último minuto, mas mostra que pode competir jogos maiores

Por Pedro Alves

Foto: Fernando Almeida/América-MG

O Treze foi valente na Copa do Brasil de 2021. Jogou de igual para igual contra o América-MG e perdeu apenas nos acréscimos do segundo tempo, quando o goleiro Jeferson estava na área para buscar o gol da passagem de fase. No fim, foi derrotado por 1 a 0, num jogo equilibrado, contra um adversário de Série A. O gol do confronto foi marcado por Diego Ferreira. 

 

Em cinco dias, o Treze de Marcelinho Paraíba pegou dois times da elite do futebol brasileiro: Fortaleza e América-MG. Sai com um ponto em dois jogos – um empate e uma derrota – e com algo importante: demonstra que consegue competir, já no início da temporada,  jogos grandes. 

 

O time de Marcelinho tem uma proposta clara para esses jogos. Ser reativo. Mas não trabalhar com a mediocridade e o risco exacerbado de só se defender e jogar por uma bola. Acertadamente, a equipe do agora professor Marcelo joga por mais bolas. Busca espetar o adversário, que naturalmente cede espaços, mais vezes. Tenta explorar isso com mais recorrência. Nem sempre consegue. 

 

Contra o América-MG, o Treze criou nos dois tempos. Sofreu perigo, mas também levou. Teve uma ou outra chance clara. Mas saía para o jogo sempre que retomava a bola. Se vê que o time procura executar o modelo pensado de jogo. Falta agora transformar esse entendimento em mais qualidade e, claro, gols. É isso que precisa melhorar no jogo ofensivo trezeano. 

 

Outro ponto que tem que ser ajustado é a questão defensiva. O time não é impecável marcando. Normal. Mas para ter um jogo mais denso, o time tem que aprender a ser mais eficiente no jogo sem a bola. Trabalho para Marcelinho Paraíba. O interessante é que o time mostra evoluções jogo a jogo. 

Ficha técnica:

Treze 0 x 1 América-MG -1ª fase da Copa do Brasil 2021 – Estádio Amigão

Arbitragem: Sávio Pereira Sampaio (DF); Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)

Gols: Diego Ferreira (A)

Cartões amarelos: Romeu e Emerson (T); Sabino e Marcelo Toscano (A)

Treze: Jeferson, Paulinho, Rômulo, Marlon, Emerson; Darlan, Régis Potiguar, Romeu (João Leonardo), Birungueta (Negueba), Kleiton Domingues (Ancelmo); Jairinho (Rogerinho). Técnico: Marcelinho Paraíba.

América-MG: Matheus Cavichioli, Joseph, Messias, Anderson, João Paulo (Eduardo Bauermann); Sabino (Flávio), Juninho, Alê; Léo Passos (Diego Ferreira); Leandro Carvalho (Marcelo Toscano) e Rodolfo (Vitão). Técnico: Cauan de Almeida (interino).

Craque do jogo: Régis Potiguar (T)

Foram bem: Darlan, Romeu e Jeferson (T); Anderson (A)

Mais Notícias

COMENTÁRIOS

  1. Avatar for pedroalves
    Jore

    Cai de pé, o meu Galo. Poderia ter ganhado. Más, é jogo.
    Está mostrando que pode competir, sim.

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *