Covid-19 13:39

Queiroga, João Azevêdo e Cícero lamentam as 500 mil mortes provocadas pela Covid-19 no Brasil

Por LAERTE CERQUEIRA e ANGÉLICA NUNES 

Foto: Agência Câmara

O ministro da Saúde, o paraibano Marcelo Queiroga, o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), e o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP), lamentaram a marca de 500 mil mortes provocadas pela Covid-19 no Brasil, um ano e três meses depois de ter sido registrado a primeira vida perdida.

Eles usaram as redes sociais para fazer o registro. Queiroga destacou o trabalho para conseguir vacina e afirmou: “Trabalho incansavelmente para vacinar todos os brasileiros no menor tempo possível e mudar esse cenário que nos assola há mais de um ano”.

O governador João Azevêdo prestou solidariedade às famílias das vítimas da Covid-19 no Brasil.

E escreveu: “São 500 mil famílias que ficarão marcadas para sempre pela dor, no momento mais triste da nossa história. Seguiremos lutando para que esse pesadelo chegue logo ao fim”.

E pediu que até lá as pessoas continuem se cuidando e cuidando dos seus, usando máscara, mantendo a  higiene até chegar a hora de tomar a vacina.

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, lamentou os meio milhão de “sonhos perdidos” e destacou a esperança na vacina. “Que a esperança da vacina possa trazer uma fagulha nesta escuridão em que nossa geração se encontra”, lamentou.

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *