Justiça 9:35

Quatro promotores se inscreveram para eleição de procurador-geral de Justiça da Paraíba

Por LAERTE CERQUEIRA e ANGÉLICA NUNES 

Foto/Arte: Ascom/MPPB

 

A comissão que organiza a eleição para novo procurador-geral de Justiça da Paraíba registrou a inscrição de quatro promotores que vão concorrer ao cargo para o biênio 2021/2023. Após escolhida a lista tríplice na eleição os nomes serão encaminhados para nomeação pelo governador João Azevêdo (Cidadania).

Por ordem de cadastro no sistema eletrônico do MPPB, colocaram-se na disputa João Geraldo Carneiro Barbosa, Antonio Hortêncio Rocha Neto, Amadeus Lopes Ferreira e Francisco Bergson Gomes Formiga Barros. A previsão é que os pedidos sejam avaliados na próxima semana.

“O próximo passo é a publicação do edital para tornar público os nomes dos inscritos no Diário Oficial Eletrônico do MPPB, que deve ser feito ainda nesta sexta-feira. Na próxima semana, a comissão se reúne para avaliar os documentos apresentados por cada inscrito a fim de deferir ou indeferir o pedido. Nossa previsão é que tenhamos essa definição até o dia 18”, explicou.

A eleição ocorrerá no dia 29 de julho, das 8h às 16h, por meio de sistema eletrônico desenvolvido pelo MPPB. Os candidatos devem ter, pelo menos, cinco anos de exercício na carreira de membro do Ministério Público e idade superior a 30 anos.

O escolhido pelo governador na lista tríplice, geralmente o mais votado, vai substituir o atual procurador-geral Francisco Seráphico da Nóbrega.

João Geraldo

Com atribuições na área do patrimônio social e na 77ª Zona Eleitoral. É de João Pessoa e tem 59 anos.

Antônio Hortêncio Rocha Neto 

Com atribuições na área criminal; secretário-geral do MPPB (2017-atual); secretário do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) e membro das comissões de Elaboração Legislativa (CEL), de Análise do Quadro de Membros, de Gestão do Teletrabalho e integrante do Núcleo de Inovação e do Comitê de Tecnologia da Informação do MPPB. É natural de João Pessoa e tem 45 anos.

Amadeus Lopes Ferreira

Com atribuições na área do patrimônio público; membro da Comissão de Elaboração Legislativa e 3º procurador de Justiça (em substituição). É de Santana dos Garrotes-PB e tem 62 anos.

Francisco Bergson Gomes Formiga Barros

Promotor de Justiça de Cabedelo (titular), exercendo a função de vice-diretor-geral do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (MP-Procon) e de coordenador da Assessoria Técnica da PGJ. Natural de Cajazeiras-PB e tem 56 anos.

 

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *