Geral 15:19

Polêmica em Araruna: vereadores negam título de cidadania a Juliette Freire, vencedora do BBB21

Por LAERTE CERQUEIRA e ANGÉLICA NUNES 

Foto: Reprodução TV Cabo Branco

A polêmica está instalada nas ruas da cidade de Araruna, a 140 km de João Pessoa. De um lado quem é favor de dar um título de cidadã ararunense para Juliette Freire, vencedora do BBB21. Do outro, os que acham que ela não merece.

A justificativa principal para concessão do título são as postagens dela e da equipe nas redes sociais, que mostram  quando a participante do reality show esteve no Parque Estadual Pedra da Boca.

Uma publicação, de janeiro, gerou repercussão nas redes, chamou atenção e, por causa da divulgação, a procura pelo local nos sites de busca aumentou significativamente.

Até a tarde de hoje, uma postagem, tinha mais de 104 mil curtidas. Na época, ela nem tinha virado o fenômeno que é hoje, mas as “suas” preferências e a forma de “viver”, registradas nas redes, continuam chamando a atenção dos admiradores.

Numa outra publicação, de outubro do ano passado, mais de 96 mil pessoas curtiram.

A divulgação, para quem defende a honraria, foi um reconhecimento da principal atração da região, foi uma propaganda feita gratuitamente e mostrou a capacidade dela de valorizar as belezas e a riqueza do estado onde nasceu.

Por outro lado, para os que são contra a concessão do título, como o vereador Toinho Natanael, Juliette não merece porque ela, segundo o parlamentar, “nem sabe onde Araruna fica”. No máximo, um voto de aplauso, defende o vereador.

“Ela não é merecedora, muita gente mora em Araruna e fez muito pela cidade e ninguém nunca se preocupou, aí vem Juliette que é uma pessoa famosa da Paraíba e vai ter título de cidadã. Sou contra”, disse.

Já Rodolfo Cordeiro (PP) foi mais duro. “Aquela cidadã não merece título de cidadã de Araruna. Uma cidadã que participa de um programa daquele, uma advogada que se preze nunca vai estar ali, um operador do direito nunca vai estar ali”, cravou.

Votação apertada

Dos nove vereadores, cinco votaram contra e quatro a favor.

O prefeito da cidade, Vital Costa (PP), em entrevista à Radio Arapuã, criticou a decisão da Câmara. Segundo ele, ela demonstrou força, determinação na hora de defender a Paraíba.

“Com título ou sem título ela será bem vinda a Araruna […] As divulgações que ela fez foram extremamente importantes, fundamental pro desenvolvimento, pra divulgação do nosso turismo […] Muitas vezes o poder público não tem condições de fazer um trabalho de divulgação que ela fez, de forma gratuita com os seus seguidores, com mais de 26 milhões de seguidores. O município ganhou essa divulgação gratuita […] Em razão disso a gente está vendo hoje que os nossos atrativos turísticos estão sendo mais frequentados”, comemorou.

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *