Executivo 12:28

Luciene de Fofinho entra no buraco e cobra ação que é de responsabilidade dela em Bayeux

Por ANGÉLICA NUNES 

 

Foto: reprodução

A prefeita de Bayeux, Luciene Gomes, mais conhecida como Luciene de Fofinho (PDT), pode até ter ganhado as eleições do ano passado no voto, mas sua atuação demonstra que ‘a ficha’ de que ela é a responsável pelos erros e acertos da administração municipal ainda não caiu. Mesmo com a caneta na mão, a gestora tem mantido um hábito que cultivou quando era vereadora da oposição, de ir in loco a pontos críticos da cidade para apontar problemas que precisam de solução.

No mais novo episódio ela entrou numa cratera aberta na calçada de uma rua de acesso ao Aeroporto Castro Pinto, em Bayeux, para cobrar do secretário de infraestrutura e o adjunto para que ele fosse consertado. No vídeo divulgado nos stories do seu Instagram, Luciene de Fofinho se deixa ser filmada no buraco, que chega a quase a altura da sua cintura.

“Estou aqui não só reivindicando meu direito como cidadã, mas também como prefeita. Peço que o senhor resolva essa problemática que se arrasta e principalmente tem provocado também acidentes”, denunciou a prefeita, que também solicitou o apoio do Departamento Municipal de Trânsito (DMTrans) para interdição do local até que os reparos sejam finalizados.

No mesmo dia ele teve o pleito atendido. A dúvida que fica é: se a prefeita tem precisado recorrer às redes sociais para obter soluções na sua gestão, imagina a dificuldade que pode estar tendo a população de Bayeux a ter acesso aos serviços básicos da prefeitura?

COMENTÁRIOS

  1. Avatar for Angélica Nunes
    Jailton sousa

    Uma prefeita sem noção, quem nomeia os secretários e ela….pedir de público…e como se ela não tivesse domínio sobre nem um deles!;! Kkkkkkk….e cada uma!!!

  2. Avatar for Angélica Nunes
    Serva

    Ela declarou publicamente que só é prefeita de nome, não tem noção de administração pública e quem manda não é ela.. Kkkkk

  3. Avatar for Angélica Nunes
    Ismael

    Ela quer aparecer e nada mais além disso, como se esse buraco fosse apenas um problema isolado.
    Minha pergunta é: se tivesse cheio de lama?

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *