Executivo 16:37

João Pessoa vai receber R$ 2,5 milhões para obras de Saneamento

Por LAERTE CERQUEIRA e ANGÉLICA NUNES 

Foto: Divulgação

 

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) autorizou o pagamento na ordem de R$ 2,55 milhões para a continuidade de obras de Saneamento em João Pessoa.

De acordo com o MDR, R$ 2,22 milhões serão para obras de implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário nos bairros Valentina de Figueiredo, Praia do Seixas, Penha, José Américo de Almeida, Cidade dos Colibris e Água Fria.

Para a ampliação do Sistema de Abastecimento de Água, serão destinados R$ 334,2 mil. As obras são na Estação de Tratamento de Água Gramame e para reforçar o sistema de distribuição.

“O investimento em saneamento básico é fundamental para garantir dignidade e melhores condições de vida para milhares de famílias brasileiras. Além disso, o governo do presidente Jair Bolsonaro tem o compromisso de não deixar obras paralisadas e de terminar empreendimentos em andamento. Assim, demonstramos todo o respeito ao dinheiro pago pelo contribuinte”, destacou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Brasil

No total, Ministério do Desenvolvimento Regional vai liberar R$ 72,7 milhões para 42 empreendimentos, em 14 estados e no Distrito Federal.

Nesta quinta-feira (29), o ministro Rogério Marinho participa de reunião com o governador João Azevêdo em João Pessoa, com registrou o Conversa Política.

O ministro irá assinar um pré-acordo de operação de obras da Transposição de Águas do Rio São Francisco. Outros três governadores de estados vizinhos, e beneficiados com as obras, Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, participam do encontro de maneira virtual.

Esgotamento sanitário em João Pessoa

De acordo com dados do Ranking do Saneamento Básico 2021 – Instituto Trata Brasil, João Pessoa tem 100% da área urbana com atendimento de água. Pouco mais de 80% da população têm esgotamento sanitário. São pouco mais de 809 mil habitantes.

No relatório, a capital paraibana se destaca porque, em 2013, tinha 49,03% da cidade com esgotamento sanitário e, seis anos depois, em 2019, subiu para 75,80% ( 26,77% a mais).

Agora, em 2021, está com 80,62% de esgotamento sanitário. Ano passado, era a 26º no ranking nacional do Saneamento. Mas o investimento caiu, outra cidades avançaram, e JP despencou para 36º colocação.

Em relação as capitais, é a oitava com melhores indicadores de Saneamento e a primeira do Nordeste. A mais próxima é Aracajú, que está na 13º colocação. Mas já foi a 3º capital em saneamento básico, em relatório do ano passado.

Veja o relatório completo

 

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *