Legislativo 11:23

Dinho anuncia retorno das sessões presenciais na Câmara de João Pessoa após o recesso

Por ANGÉLICA NUNES e LAERTE CERQUEIRA

 

Foto: reprodução

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Dinho (Avante), anunciou, nesta sexta-feira (16), que as sessões de forma presencial serão retomadas a partir de agosto, com o fim do recesso parlamentar. Os trabalhos na Casa devem retomar, inicialmente, em formato híbrido, com metade dos vereadores participando presencialmente e a outra metade de forma remota. “Quando as condições sanitárias permitirem todos estarão presencialmente”, disse.

O formato de funcionamento e seus detalhes ainda vão ser delineados em reunião da Mesa Diretora, prevista para a próxima semana, porém, os últimos dados epidemiológicos revelam queda significativa nos casos da Covid-19 na capital.

Além disso, a previsão dada pelo Ministério da Saúde de que toda a população adulta terá recebido pelo menos a primeira dose da vacina até setembro serve como motivo de esperança de que o pior já passou.

Atualmente, a taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) da Região Metropolitana de João Pessoa é de 36% e a esperança é a de que os números continuem baixando.

“Vamos voltar com responsabilidade. Esta pandemia nos causou muitas perdas. Pessoas queridas foram vítimas da Covid-19 e o ritmo da vacinação, sob a promessa de ser acelerado, nos motiva a imaginar um retorno mais rápido da atividade econômica”, ressaltou.

Os trabalhos na Câmara de João Pessoa foram iniciados, neste ano, de forma híbrida, mas as sessões foram convertidas em remotas no mês de março, por causa do agravamento da pandemia. Houve, inclusive, vítimas entre os funcionários da Casa. A expectativa é que a partir do momento que todos tenham as duas doses da vacina e os números de mortes estejam controlados, as sessões serão retomadas com a presença de todos os vereadores.

Neste primeiro momento, de acordo com o que foi previamente definido pela Mesa Diretora, o acesso ao público ainda permanece restrito e com todos os cuidados sanitários. A medida é para garantir a saúde da população e dos servidores da Casa.

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *