Luto 13:42

Corpo do senador José Maranhão é sepultado ao lado dos pais em cemitério de Araruna

Por ANGÉLICA NUNES e LAERTE CERQUEIRA

 

Maranhão foi enterrado no cemitério de Araruna  nesta quarta (10). Foto: Sílvia Torres/TV Cabo Branco

Após 12 horas de velório na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, em Araruna, no Agreste paraibano, o corpo do senador José Maranhão (MDB) foi sepultado no fim da manhã desta quarta-feira (10), no cemitério Municipal São João Batista. Ele foi enterrado no túmulo dos pais, Benedita Targino e Benjamin Maranhão. O emedebista morreu na última segunda-feira (8), ao 87 anos, em um hospital particular de São Paulo, por complicações pela covid-19.

O corpo chegou à sua terra natal por volta da meia-noite e logo passou a ser velado na igreja da cidade. O velório foi aberto ao público e, assim como no que foi realizado no Palácio da Redenção, em João Pessoa, houve aglomeração de pessoas que foram ao local para se despedir do político, mesmo com a formação de um corredor para que elas entrassem em fila indiana para ver o corpo.

Antes do sepultamento houve missa de corpo presente, celebrado pelo bispo diocesano de Guarabira, Dom Aldemiro Sena. A viúva do senador, desembargadora Fátima Bezerra, fez um relato emocionado do último contato que teve com o marido, ao saber da filha, a médica Alice Maranhão, que o coração do pai estava “fraquinho”.

Um missa de corpo presente foi realizada antes do enterro. Foto: Silvia Torres/TV Cabo Branco

O velório no Palácio da Redenção contou com a presença de diversas autoridades, familiares e amigos do senador. Em seguida, o caixão seguiu em cortejo fúnebre em um carro do Corpo de Bombeiros para um novo ato solene em frente à residência do emedebista. No local, mais pessoas estiveram presentes para se despedir de Maranhão. Houve queima de fogos antes da partida da comitiva à Araruna.

A chegada do corpo à Paraíba, na tarde desta terça-feira (9), e todo o rito de solenidade de homenagens, foram envoltos de comoção pública. Ele desembarcou no hangar do Estado no Aeroporto Castro Pinto, na Grande João Pessoa, sendo conduzido por cadetes da Academia da Polícia Militar do Cabo Branco até o Palácio da Redenção.

Corpo de Maranhão veio de São Paulo em avião da FAB. Foto: Hebert Araújo/TV Cabo Branco

 

Conheça o legado do senador e ex-governador José Maranhão:

 

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *