Executivo 8:34

Bruno acusa governo da Paraíba de tratamento diferenciado a João Pessoa na distribuição da vacina

Por ANGÉLICA NUNES e LAERTE CERQUEIRA

 

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), revelou em um comentário nas redes sociais que vai procurar o Ministério Público para questionar a distribuição das vacinas covid-19 pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Segundo ele, o governo estaria dando tratamento diferenciado à prefeitura de João Pessoa, que teria recebido três vezes mais vacinas do que a de Campina Grande, embora tenha só o dobro da população.

“Terei uma videoconferência com os três Ministérios Públicos para tratar desse assunto”, comentou em resposta a um seguidor no Instagram.

De fato, segundo dados do sistema da SES para acompanhamento da vacinação, João Pessoa já recebeu 63.447 doses e Campina Grande 22.714 desde o início da campanha de vacinação, no dia 19 de janeiro.

Além delas serão distribuídas hoje (22) para a capital com 27,7 mil e Campina Grande com 12,9 mil. O novo lote se destina à população de pessoas 70 a 75 anos e 65 a 69 anos. Sendo que nesse lote a capital deve destinar 6% aos profissionais de saúde por causa de uma decisão da Justiça.

A prefeitura de João Pessoa optou por acelerar a vacinação com uso, inclusive, da segundas doses, como recomendou ontem (21), o Ministério da Saúde, e já inicia a vacina de 65 acima.

A explicação técnica para a diferença no volume de vacinas distribuídas tem como base o total de pessoas daquele público alvo da campanha, estabelecido pelo Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, e não a população total.

Neste recorte, João Pessoa tem a população alvo de 192.431 enquanto Campina tem 86.731. A diferença é proporcional à população que é público alvo. “O critério é apenas esse”, reitera o secretário Executivo da Saúde, Daniel Beltrammi.

 

Confira AQUI a quantidade de vacinas distribuídas hoje, por município.

COMENTÁRIOS

  1. Avatar for Angélica Nunes
    José ferreira

    Eu só queria entender o porque de, consultando os dados do site do governo do estado da PB, em JP já se vacinara mais de 80% dos profissionais de saúde enquanto Campina Grande, apenas cerca de 65%… outra questão intrigante: é como João Pessoa conseguiu vacinar mais de “120%” de algumas faixas etárias (cento e vinte por cento mesmo!) ? Vacinaram mais do que o que tinha? como assim?

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *