Executivo 16:02

Bolsonaro entra em avião comercial, é xingado e diz que quem o hostilizou devia andar de jegue

Por LAERTE CERQUEIRA e ANGÉLICA NUNES 

Presidente é recebido por apoiadores no ES, em seguida, é xingado em avião comercial. Foto: Reprodução/TV Gazeta

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi vaiado e xingado ao entrar em um avião para cumprimentar passageiros nesta sexta-feira (11), no aeroporto de Vitória, no Espírito Santo.

Antes, havia sido recebido com festa por uma multidão de seguidores que queria cumprimentá-lo. Talvez tenha pensado que o clima seria mais “amigável” dentro da aeronave.  Mas, na “visita” fora do roteiro, Bolsonaro não encontrou tanto “carinho” assim.

Passageiros gritavam “Fora, fora, fora Bolsonaro” e “genocida” enquanto o presidente ficou na parte da frente da aeronave.

O presidente, como sempre, foi para o ataque: “Quem fala ‘fora, Bolsonaro’ devia estar viajando de jegue”, afirmou.

Na passagem pelo avião, o presidente também recebeu apoio. Foi chamado de mito e tirou foto com passageiros da frente da aeronave, e  com tripulantes. Bolsonaro, no entanto, constatou que não pode subestimar a falta de popularidade já registrada nas pesquisas.

De acordo com informações apuradas pelo G1 ES, a concessionária Zurich Airport, que administra o aeroporto, afirmou que responsabilidade da segurança da aeronave é da companhia aérea e o percurso do presidente é do GSI.

O presidente chegou ao Aeroporto de Vitória por volta das 10h20. Ele tirou a máscara no aeroporto, o que não é permitido no estado por conta da pandemia da Covid-19.

Bolsonaro cumprimentou apoiadores na área externa do aeroporto. Parte dos apoiadores não usava máscara e estava aglomerada. Aglomerações estão proibidas no estado.

O avião, da Azul, ia de Vitória para Campinas. A companhia aérea não se manifestou.

 

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *