CD, Música, Música Paraibana

Júnior Cordeiro, o homem da capa preta

Júnior Cordeiro- Foto por Flávio Petrônio (1)

Júnior Cordeiro lê ‘O Livro de São Cipriano’, base de seu novo CD (Flávio Petrônio/divulgação)

Nascido em São João do Cariri, município próximo a Campina Grande (PB), o cantor e compositor Júnior Cordeiro despertou interesse pela magia popular ainda na adolescência. Grimórios e, principalmente, o Livro de São Cipriano – o famoso “livro da capa preta” alimentaram suas idéias, que desaguaram no ótimo Capa Preta, lançado em 2013 na Paraíba.

Nesta sexta-feira (14), no Teatro Municipal Severino Cabral, em Campina Grande, cidade para onde se mudou, se formando em História e dando aulas, ele grava o primeiro DVD de sua carreira, focado nesse Capa Preta, mas sem esquecer de seus dois discos anteriores.

No palco, Cordeiro conta com boa parte do músico que o acompanhou em estúdio – Kamillo Lima (bateria), Maxwenio Dias (baixo), Giordano Frag (guitarra), Moisés Freire (guitarra e viola),  Cris Lima (sanfona) e Edmilson Santos e Sandrinho Dupan (percussão) – que o ajudam a moldar seu som, uma mistura de Ave Sangria, Alceu Valença e a banda de metal Black Sabbath. O show começa às 20 horas e tem direção musical de Júnior e Moisés Freire, e direção artística dele com Flávio Petrônio. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

A seguir, a entrevista que eu fiz com ele, esta semana, por e-mail, sobre o disco e o show, na íntegra:

(mais…)