No embalo do carnaval, Mafiota lança a inédita ‘Rua da areia’; veja aqui o clipe

CLIPE MAFIOTA.00_01_27_13.Still009

Mafiota usa ska e frevo para homenagear rua famosa no Centro de João Pessoa (divulgação)

Uma das mais antigas ruas da cidade de João Pessoa se tornou inspiração para a banda Mafiota compor a música ‘Rua da areia’. Gravada em abril de 2014, a faixa ganhou videoclipe no embalo do carnaval 2015.A música é uma homenagem aos 100 anos de carnaval tradição da cidade.

“O videoclipe homenageia o local de onde surgiram as primeiras festas de rua da capital pessoense” explicou o vocalista Diógenes Ferraz. “De uma conversa no Facebook com  Pedro (amigo de Diógenes) surgiu a ideia de fazer versos sobre a Rua da Areia. Depois convidamos (o maestro) Carlos Anísio e Ali Cagliane para desenvolver o resto da letra da música”, declarou o músico.

A harmonia foi finalizada pelos integrantes da banda que viram a oportunidade de lançar essa música com um videoclipe. “Quando finalizamos esse trabalho, vimos que tinha tudo para se tornar um roteiro e então pensamos esperar para lançá-la em clipe”, relatou. Em breve, a música estará disponível para download no site soundcloud, além de um single promocional.

Uma mistura dos ritmos ska e frevo, ‘Rua da Areia’ tem uma pegada de marchinha de carnaval para reforçar a homenagem ao centenário carnavalesco da cidade.

O clipe se passa na vida de um homem que, sobrecarregado de trabalho, procura lazer na Rua da Areia, conhecida por abrigar cabarés e bares noturnos

CLIPE MAFIOTA.00_02_42_19.Still001

Imagem do clipe ‘Rua da Areia’, da Mafiota (divulgação)

A produção foi feita em em dois dias, utilizando três locações. A principal, é claro, foi a Rua da Areia; as outras duas são no Departamento de Música da UFPB e no quarto do ator principal. O diretor do vídeo  é Paulo Philippe e o ator principal é Pedro Ivo.

Mafiota surgiu em 2007 e tem como integrantes Diógenes Ferraz, Felipe Gomes, Teo Filho, Geraldo Lima, Morgana Morais e Botelho Abrantes.

Confira aqui o clipe de ‘Rua da Areia’:

Por Renato Gallotti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *