Fest Aruanda: confira a programação completa!

A 8ª edição do Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro terá início nesta sexta-feira (dia 13) trazendo uma programação cheia de debates e exibições ao longo de sete dias de evento, que terá como pontos altos as homenagens ao cantor Ney Matogrosso, na abertura do festival, e ao ator Lázaro Ramos, no encerramento, além da exibição do filme-ensaio Olho Nu, de Joel Pizzini, e O Grande Kilapy, de Zezé Gamboa.

A edição será realizada pela primeira vez no CinEspaço do MAG Shopping, em João Pessoa. A entrada é gratuita.

Lázaro Ramos em 'O Grande Kilapy'

Lázaro Ramos em ‘O Grande Kilapy’: filme terá uma avant première no encerramento com a presença do ator (Foto: divulgação)

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL:

SEXTA-FEIRA

Sala 3 – CinEspaço

20h – Solenidade de Abertura para convidados;

20h30 – Homenagem Memória do Cinema Paraibano/Exibição do curta O Mural que o Vento Levou (2013), de Wills Leal e Mirabeau Dias;

21h – Homenagem Ney Matogrosso (Troféu Aruanda como Ator);

21h30 – Exibição do longa Olho Nu (2012), de Joel Pizzini

SÁBADO

Sala 1 – CinEspaço

10h – Reapresentação de Olho Nu;

16h – Exibição do curta Caramujo Flor (1988), de Joel Pizzini;

16h20 – Exibição do longa Luz, Anima, Ação (2013), de Eduardo Calvet;

18h – Lançamento literário: Introdução ao Desenho de Som, de Débora Opolski, Luz e Sombra, de Bertrand Lira, REC: uma iniciação à filmagem, de Matheus Andrade (Hall do CinEspaço);

18h20 – Mostra Competitiva de Curtas;

19h20 – Mostra Competitiva de Longas:

Tudo Que Deus Criou (2012), de André da Costa Pinto;

Cidade de Deus – 10 Anos Depois (2013), de Cavi Borges e Luciano Vidigal

DOMINGO

Sala 1 – CinEspaço

10h – Reapresentação dos longas Tudo que Deus Criou e Cidade de Deus – 10 anos Depois;

16h – Mostra 50 Anos de Ditadura Militar pelo Olhar do Cinema Brasileiro:

Pra Frente Brasil (1981), de Roberto Farias

17h30 – Mostra Competitiva de Curtas;

18h – Lançamento literário: Adaptação intercultural: o caso de Shakespeare no cinema brasileiro, de Marcel Vieira, Cinema e Memória: O Super-8 na Paraíba nos Anos 1970 e 1980, org. de Lara Santos de Amorim e Fernando Trevas (Hall do CinEspaço);

19h – Homenagem Silvio Tendler (Troféu Aruanda pelo Conjunto da Obra e Contribuição ao Cinema Brasileiro);

19h20 – Mostra Competitiva de Longas:

Setenta (2013), de Emília Silveira

21h – Mostra 50 anos de Ditadura Militar pelo Olhar do Cinema Brasileiro:

Jango (1988), de Silvio Tendler

SEGUNDA-FEIRA

Hotel Nord Blue Sunset – Sala Ponta do Seixas

9h30 – Diálogos Aruanda I – Seminário: ‘50 Anos de Ditadura Militar pelo Olhar do Cinema Brasileiro’

Sala 1 – CinEspaço

10h – Reapresentação do longa Setenta

Hotel Nord Blue Sunset – Sala Ponta do Seixas

14h30 – Entrevista coletiva: Jean-Claude Bernardet

Sala 1 – CinEspaço

16h – Mostra 50 anos de Ditadura Militar pelo Olhar do Cinema Brasileiro:

O Dia que Durou 21 Anos (2012), de Camilo Tavares

18h – Mostra Competitiva de Curtas;

20h – Homenagem Jean-Claude Bernardet e exibição do curta Passagem (2013), de Taciano Valério;

20h30 – Mostra Competitiva de longas;

Os Pobres Diabos (2013), de Rosemberg Cariry

TERÇA-FEIRA

Hotel Nord Blue Sunset – Sala Ponta do Seixas

9h30 – Diálogos Aruanda II – Debate com diretores sobre curtas e longas exibidos

Sala 1 – CinEspaço

10h – Reapresentação de Os Pobres Diabos;

14h30 – Lançamento dos DVDs do projeto Pontão de Cultura da Caatinga;

16h – Mostra 50 anos de Ditadura Militar pelo Olhar do Cinema Brasileiro:

Boilesen (2009), de Chaim Litewski

18h – Mostra Competitiva de Curtas;

20h – Curta PB:

A Queima, de Diego Benevides;

Transmutação, de Torquato Joel

20h30 – Mostra Competitiva de Longas:

Se Deus Vier, Que Venha Armado (2013), de Luiz Dantas

QUARTA-FEIRA

Hotel Nord Blue Sunset – Sala Ponta do Seixas

9h30 – Diálogos Aruanda III – Debate com diretores sobre curtas e longas exibidos

Sala 1 – CinEspaço

10h – Reapresentação de Se Deus Vier, Que Venha Armado

Hotel Nord Blue Sunset – Sala Ponta do Seixas

14h30 – Fórum do Audiovisual da UFPB;

16h – Mostra 50 anos de Ditadura Militar pelo Olhar do Cinema Brasileiro:

Barra 68 (2000 ), de Vladimir Carvalho

18h – Mostra Competitiva de Curtas;

20h – Especial Curta PB:

De Lua, de Marcélia Cartaxo;

Malha, de Paulo Roberto

20h – Mostra Competitiva de Longas

Amor, Plástico e Barulho (2013), de Renata Pinheiro

QUINTA-FEIRA

Hotel Nord Blue Sunset – Sala Ponta do Seixas

9h30 – Diálogos Aruanda IV – Debate com diretores sobre curtas e longas exibidos

10h30 – Seminário ‘Produção Audiovisual Nordestina: Por que e para quem fazemos filmes?’

Sala 1 – CinEspaço

10h – Reapresentação de Amor, Plástico e Barulho;

15h – Mostra Histórias Imaginadas – Panorama da Nova Ficção Paraibana em Curta

Sala 3 – CinEspaço

20h – Solenidade de Encerramento e Premiação;

20h30 – Homenagem a Lázaro Ramos (Troféu Aruanda pelo Conjunto da Obra como Ator e Troféu Aruanda pelo programa Espelho do Canal Brasil);

20h45 – Avant première do longa O Grande Kilapy (2013), de Zezé Gamboa

'Olho Nu' disseca a vida do artista Ney Matogrosso (foto: divulgação)

‘Olho Nu’ disseca a vida do artista Ney Matogrosso (foto: divulgação)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *