Dedo de prosa: Carlos Malta

malta

Por Tiago Germano

Carlos Malta (em foto de Aluísio Jordão/divulgação) apresenta em João Pessoa, nesta terça-feira (10), às 19h30, no auditório da Estação Cabo Branco,  o show Saravá, Baden e Vinícius – Tributo aos Afro-Sambas, com ingressos a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

“Admiro muito a forma quixotesca como Baden Powell e Vinícius do Moraes se lançaram na música” diz o músico em entrevista ao JORNAL DA PARAÍBA. “O Baden veio do interior, arrasando com o seu violão, mostrando tudo o que o instrumento podia fazer. Antes dele, veio o Garoto (Aníbal Augusto Sardinha), que era um purista, um perfeccionista. O Baden chegou com as verves do Garoto, mas com armadura, capa e espada na mão, encontrando o Vinícius com toda a sua cultura, educação e fineza, mas mergulhando na boemia, abdicando de uma vida glamourosa de diplomata e indo pra galera. O Vinícius é uma pessoa que eu queria muito ter conhecido. O Edu Lobo, que é um parceiro, me conta muitas histórias. Fico imaginando ele jovem, convivendo com os dois. Um negócio muito legal da música é que ela não tem divisões, não tem ‘subdezessete'”.

A matéria completa você no JP desta terça-feira (10).

Abaixo você confere Malta e a paraibana Zabé da Loca.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *