Judiciário 19:52

Tribunal de Justiça da Paraíba ganha selo de qualidade concedido pelo CNJ

Premiação observou critérios como o nível de organização dos tribunais

Márcio Murilo comemora prêmio recebido pelo TJ. Foto: Divulgação/TJPB

 

O Tribunal de Justiça da Paraíba foi premiado com o Selo Prata pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) durante o encerramento do XIV Encontro Nacional do Poder Judiciário, nesta sexta-feira (27). O evento reuniu os presidentes de mais de 90 tribunais brasileiros, bem como representantes dos tribunais na Rede de Governança Colaborativa do Poder Judiciário e responsáveis pelas áreas de Gestão Estratégica e de Estatística.

O prêmio é uma ferramenta de incentivo para que os tribunais busquem constantes meios de aprimoramento na construção de um Judiciário cada vez melhor. A premiação CNJ de Qualidade deste ano observou critérios sistematizados em quatro categorias: tribunais com maiores níveis de organização administrativa, atenção às Politicas Nacional do Poder Judiciário, Transparência e Prestação Jurisdicional.

Ao apresentar os vencedores, o presidente da Comissão de Gestão Estratégica, Estatística e Orçamento, conselheiro Luiz Fernando Keppen, afirmou que, durante os últimos meses, a comissão avaliadora do Selo de Qualidade se reuniu e debateu detalhadamente cada questionamento sobre os requisitos, resolveu casos omissos e buscou atender os tribunais, quando possível. “A análise do prêmio é complexa e abrangeu temáticas diversas, como acessibilidade, sustentabilidade, produtividade, celeridade, confiabilidade de dados, informatização, entre outros”, declarou.

O presidente do TJPB, desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, recebeu, com entusiasmo, a notícia e afirmou que é um importante reconhecimento ao trabalho de todos os servidores e magistrados do Poder Judiciário estadual paraibano no que se refere aos itens de avaliação.

“É importante ressaltar que muitos dados analisados se referem ao ano passado e este ano, implementamos novas medidas de aceleração da eficiência do nosso Tribunal, que irão repercutir, positivamente, no próximo prêmio. Chegarmos ao Selo Prata, hoje, é um grande passo para no futuro chegarmos ao Ouro, devido aos avanços na área de tecnológica, que impulsionarão todos os outros critérios avaliados da atividade-fim e da atividade-meio”, refletiu.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *