Executivo 13:06

Apesar de decreto proibir, Manaíra Shopping projeta funcionamento até meia-noite em dezembro

Transporte público e comércio também “flexibilizam” funcionamento acima do permitido pela prefeitura de João Pessoa

Apesar dos panfletos, algumas lojas não respeitam mais o limite de lotação. Fernando Frazão/ABr

 

Os protocolos estabelecidos pela prefeitura de João Pessoa para permitir o funcionamento de shoppings, comércio e transportes públicos estão em descompasso com a realidade vivida na capital. Ao passo em que o número de casos da COVID-19 aumenta, os ônibus estão mais lotados, as lojas não respeitam a lotação máxima e o maior centro de compras da capital, o Manaíra Shopping, prevê a ampliação do horário e funcionamento para além do permitido pelo decreto municipal que regulamentou o funcionamento dos estabelecimentos.

Apesar de o decreto editado pelo prefeito Luciano Cartaxo (PV) estabelecer que os estabelecimentos não podem funcionar após as 22h, o shopping passou para os lojistas a previsão de funcionamento até a meia-noite. O horário é o mesmo do período de festas de fim de ano anteriores à pandemia.

Mas não para por aí. Basta uma ida rápida ao comércio, no Centro de João Pessoa, para perceber que muitos dos protocolos de segurança não estão sendo mais cumpridas. As lojas não respeitam mais a regra de lotação máxima, nem o distanciamento entre os clientes. Algumas aboliram os funcionários que ficavam na porta disponibilizando álcool em gel, substituindo-os por totens, que nem sempre têm o produto. Um outro problema no comércio é a situação das calçadas, aglomeradas de vendedores ambulantes

Os ônibus também não seguem mais o protocolo definido quando da liberação do serviço. Os veículos deveriam circular com no máximo 12 passageiros em pé, e o que se vê é algo muito acima disso. O isolamento que havia para o motorista, um espécie de cortina, também não existe mais. Os protocolos estão sendo rasgados.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *