Executivo 9:58

Paraíba: candidatos “cheios da grana” receberam auxílio emergencial e foram eleitos. Veja a lista

Lista do TCU mostra candidatos que receberam “auxílio emergencial” mesmo com patrimônio declarado de até R$ 33 milhões

Candidatos ricos recebiam dinheiro de forma ilegal

Declaração de bens informada à Justiça Eleitoral mostra que postulantes não precisavam de ajuda federal. Foto: Marcello Casal Jr./ABr

 

Os leitores paraibanos, ao que parece, perdoaram os candidatos “cheios da grana” que receberam auxílio emergencial e disputaram as eleições deste ano. Pelo menos sete dos 66 candidatos com patrimônios declarados à Justiça Eleitoral superiores a R$ 300 mil foram eleitos no pleito deste ano, para os cargos de vereador e vice-prefeito.

Entre os sete, dois se destacam por terem declarado patrimônio milionário. Me refiro, por exemplo, a Ivandro Produções (PSD), eleito para o cargo de vereador de Sumé. Ele declarou patrimônio de R$ 2,2 milhões e recebeu o auxílio emergencial de R$ 600 pago pelo governo federal a pessoas pobres durante a pandemia.

O outro com patrimônio milionário foi Alex Carneiro (MDB), eleito vereador em Caiçara. Ele declarou patrimônio de R$ 1,3 milhão à Justiça Eleitoral e, vejam que curioso, também recebeu o auxílio destinado a pessoas pobres na pandemia. A lista foi elaborada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), com base no CPF dos candidatos.

A lista continua com a eleição de Antônio João Adolfo Leôncio, popularmente conhecido por Tota de João Leôncio (DEM), para a Câmara Municipal de Sapé. Foi eleito vereador, também, Antônio Chaves (DEM), em Santana dos Garrotes; Ronaldo de Zé Antônio (PT), em Alagoa Nova, e Antônio Marcone (PSC), em Itatuba.

Já em Poço de José de Moura, Eudivan Daniel Duarte, popularmente conhecido por Vanzin Duarte (Cidadania), foi eleito para o cargo de vice-prefeito. Confira abaixo a lista de todos os candidatos denunciados pelo Tribunal de Contas da União por terem recebido o auxílio emergencial apesar de possuírem patrimônio considerável.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *