Judiciário 8:43

PT Nacional perde mais uma e TSE mantém candidatura de Anísio Maia

Partido tenta retirar a candidatura própria para fazer uma composição com o ex-governador Ricardo Coutinho

Na CBN, Anísio Maia garantiu que manterá a candidatura até o fim. Foto: Angélica Nunes/Jornal da Paraíba

 

O Diretório Nacional do PT perdeu mais uma na tentativa de retirara da candidatura de Anísio Maia a prefeito de João Pessoa. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou dois recursos apresentados pelo partido. Os dirigentes da sigla, no entanto, ainda têm esperança de que, no mérito, a corte reverta a decisão e referende a aliança com o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

Os recursos na corte superior foram analisados pelo ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto. Em um deles, o relator declinou da competência de analisar o agravo interno do TRE/PB. Já no outro processo, o ministro negou seguimento ao pedido de tutela de urgência formulado pelo Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), que busca a suspensão de decisão do primeiro grau.

A questão diz respeito à briga entre o Diretório Nacional do PT com o Diretório Municipal. Enquanto o primeiro referendou uma aliança com Ricardo Coutinho, o segundo bancou uma candidatura própria. Anísio Maia tem como vice na chapa o empresário Percival Henriques (PCdoB). Acontece que apesar da intervenção nacional, a a instância superior não impugnou no tempo próprio a chapa de Anísio Maia.

O ato contínuo disso, na briga judicial, é que o Juízo da 64ª Zona Eleitoral de João Pessoa manteve a candidatura de Anísio e determinou a substituição do vice indicado pelo Diretório Nacional para a chapa de Ricardo Coutinho. Ele manteve, portanto, a Coligação “UNIDOS POR JOÃO PESSOA”, formada pelos partidos PT e PC do B. Houve recursos para o Tribunal Regional Eleitoral, mas eles não obtiveram sucesso.

O Diretório Nacional do PT, então, nomeou uma Comissão Interventora para dar as cartas no Diretório Municipal. Uma reunião foi marcada para esta sexta-feira (16), às 10h, com a participação do presidente do colegiado, Cícero Gregório, e membros da Executiva Nacional. Entre eles estão o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) e Sônia Braga, que é secretária de Organização do Diretório Nacional do PT.

A sigla espera que, no mérito, o TSE retire a candidatura de Anísio Maia. A tese, no entanto, não tem animado parte da sigla, na Paraíba. Já há quem tenha jogado a toalha e os que esperam que o grupo de Anísio Maia desista da candidatura tratada pela presidente nacional do partido, Gleisi Hoffmann, como uma candidatura laranja.

Quer receber todas as notícias do blog? Basta clicar no link abaixo e se cadastrar para receber notícias automáticas no WhatsApp.

https://chat.whatsapp.com/LjSHneKlLUKKzBM0oa0Lpd

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *