Executivo 15:23

Hugo Motta ganha queda de braço com Edna Henrique e emplaca superintendente da Agricultura

Deputados travaram confronto para ver quem tem mais prestígio com Bolsonaro

Lúcio Matos foi empossado no cargo nesta segunda-feira. Foto: Divulgação

 

O deputado federal Hugo Motta (Republicanos) venceu a queda de braço com a deputada federal Edna Henrique (PSDB) para a indicação do superintendente federal de Agricultura, na Paraíba. A “guerra” vem sendo travada pelos dois desde o ano passado, como demonstração de força junto ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A deputada chegou a vencer uma batalha, mas a vitória não durou 48 horas.

Só para que o leitor possa entender, Lúcio Matos, indicado por Hugo, foi exonerado no início do mês para dar lugar a Gustavo Guimarães, indicado por Edna. O problema é Guimarães durou apenas dois dias no cargo. Ele foi exonerado. E quem voltou para a função? Será que alguém consegue imaginar? Isso mesmo, Lúcio Matos voltou para o cargo. Ele foi empossado nesta segunda-feira (28), após quase um mês fora.

Guimarães deixou o cargo atirando para todos os lados. Fez duras críticas ao antecessor. Em carta enviada à ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), ele narrou sem muitos detalhes supostos desmandos de gestões passadas na Superintendência de Agricultura na Paraíba. Relatou a baixa produção agrícola e os escândalos relacionados à pesca.

Um exemplo citado sobre os desmandos foi o Terminal Pesqueiro, que se tornou alvo de investigação do Ministério Público Federal.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *