Após escolha de Edilma: Cartaxo empossa Daniella e Socorro na prefeitura. Diego silencia

Informações de bastidores dão conta de que ex-secretário de Desenvolvimento Social vai anunciar o rompimento com Cartaxo

Daniella Bandeira é uma das secretárias que voltam para prefeitura. Foto: Divulgação/Secom-JP

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), dá posse a Daniella Bandeira e Socorro Gadelha, nas secretarias de Planejamento e Habitação Social, respectivamente, nesta sexta-feira (31). As secretárias retornam à gestão para dar continuidade ao trabalho que vinham desenvolvendo na Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP).

As duas estiveram entre os secretários que deixaram a prefeitura em junho para colocar o nome à disposição para a disputa da prefeitura da capital. Os outros nomes foram Diego Tavares (Desenvolvimento Social) e Edilma Freire (Educação). Esta última, vale ressaltar, foi a escolhida pelo prefeito para disputar a sucessão municipal. Com isso, Tavares sobrou na curva. Enquanto Daniella e Socorro manifestaram apoio a Edilma, Diego silenciou e deve anunciar o rompimento nesta sexta.

Daniella Bandeira esteve à frente de projetos importantes e históricos na cidade, como as obras de proteção da Barreira do Cabo Branco e no planejamento e execução de outras intervenções como Largo de Tambaú e Avenida Passeio Epitácio Pessoa, bem como do João Pessoa Sustentável, em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Já Socorro Gadelha é responsável pela execução do maior programa habitacional da história de João Pessoa, com mais de 10 mil casas até o final deste ano, e ainda da entrega de títulos de regularização fundiária em diversos bairros da cidade, realizando o sonho da casa própria a milhares de pessoas.

2 comentários - Após escolha de Edilma: Cartaxo empossa Daniella e Socorro na prefeitura. Diego silencia

  1. revolta Disse:

    sou leitor assíduo da coluna.contudo apesar de ter votado com cartaxo não tenho esta avaliação do escriba.deixou a desejar e na última tacada oficializou a politica de compadrio vigente não só na nossa cidade maia no país

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *