Ex-prefeito de Duas Estradas é preso por apenas “fingir” prestação de serviços à comunidade

Ex-gestor vinha apresentando comprovantes falsos de prestação de serviços à comunidade e foi preso pela PF em João Pessoa

Polícia Federal atendeu determinação da Justiça para a prisão. Foto: Kleide Teixeira

O ex-prefeito de Duas Estradas, Roberto Carlos Nunes, foi preso nesta quinta-feira (30), em João Pessoa, pela Polícia Federal. O ex-gestor já cumpria pena restritiva de direitos, mas decidiu abusar da confiança. De acordo com o Ministério Público Federal, ele vinha falsificando os comprovantes da prestação de serviços à comunidade imputada como pena. Por conta disso, o MPF ajuizou nova ação na Justiça Federal pedindo a prisão do suspeito.

O mandado de prisão foi determinado pela 12ª Vara da Justiça Federal, a pedido do Ministério Público Federal em Guarabira. O órgão pediu à Justiça a conversão da pena anterior em privativa de liberdade. O pedido foi aceito e o gestor foi condenado a 7 anos, 8 meses e 15 dias de reclusão (em regime fechado) e 336 dias-multa, cada um no valor de 1/10 do salário-mínimo vigente ao tempo do fato delituoso, pelos crimes de falsidade material de documento (artigo 297 do Código Penal), falsidade ideológica (artigo 299 do Código Penal).

A Justiça também determinou também a conversão da pena anterior em prisão e o respectivo cumprimento em regime fechado.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *