Executivo 16:26

Governador e prefeituras decidem endurecer isolamento, mas já projetam flexibilização

Opção por ‘lockdown’ está na mesa dos gestores, que deverão fechar as medidas até o fim da semana

João Azevêdo participou de reunião através de videoconferência. Foto: Divulgação

Os municípios da Região Metropolitana de João Pessoa deverão endurecer as regras de isolamento social para os próximos dias. A decisão é fruto de uma reunião com o governador João Azevêdo (Cidadania) nesta quinta-feira (28). No encontro, a opção de adoção de um lockdown foi colocada sobre a mesa. A ideia é enrijecer as regras pelos próximos dez dias e, depois disso, iniciar um plano visando a flexibilização do funcionamento do setor produtivo. O decreto atual vale até o dia 31.

Além do governador, estiveram na reunião os prefeitos de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV); Santa Rita, Emerson Panta (PSDB); Cabedelo, Vítor Hugo (DEN); Conde, Márcia Lucena (PSB), e de Bayeux, Jefferson Kita (PSB). Durante o encontro, Cartaxo defendeu que houvesse tanto o endurecimento das regras, quando um plano prevendo a flexibilização da atividade econômica.

A flexibilização vai depender, no entanto, da melhoria nas estatísticas de contaminação pelo novo Coronavírus. Os números têm mostrado crescimento no registro de casos no Estado, mas principalmente na Região Metropolitana, que responde por quase 80% dos casos registrados na Paraíba. O prefeito de João Pessoa, por exemplo, decidiu instalar barreiras sanitárias nos bairros com maior número de contaminações e decretou luto oficial de três dias na cidade para lembrar a morte de mais de 100 pessoas.

As equipes técnicas do governo e das prefeituras vão se reunir nesta sexta-feira para decidir as medidas que vão compor o novo decreto do governo do Estado. Será debatida, também, a flexibilização.

Confira abaixo a nota conjunta definida após a reunião:

NOTA CONJUNTA

Em reunião realizada por videoconferência, nesta quinta-feira (28), entre o Governador do Estado e os prefeitos das cidades de João Pessoa, Santa Rita, Bayeux, Cabedelo e Conde, após a avaliação do cenário epidemiológico relativo à Covid-19, com o aumento significativo no número de casos e óbitos, ficou decidido pela necessidade de medidas conjuntas mais rígidas para conter a evolução da contaminação, além de assegurar o atendimento integral à população na rede de saúde.

As ações integradas serão decididas pelo corpo técnico do governo estadual, da Capital e dos demais municípios da Grande João Pessoa envolvidos na iniciativa, elaborando-se um planejamento conjunto de trabalho.

Durante a reunião, os gestores também decidiram que o novo decreto estadual de enfrentamento à pandemia apresentará a primeira versão do plano de retomada gradual, estágio seguinte a ser implementado, que será apresentado pelo governador e prefeitos. A flexibilização gradual da atividade econômica será adotada de acordo com a evolução do quadro em cada Município, em datas que serão oportunamente anunciadas. As prefeituras terão autonomia para fazer essa flexibilização, observando todas as recomendações apontadas em cada fase do plano estadual de retomada, assim como os seus respectivos impactos sobre o controle da crise de saúde, assegurando a progressiva superação da mesma.

JOÃO AZEVÊDO LINS FILHO
Governador do Estado da Paraíba

LUCIANO CARTAXO PIRES DE SÁ
Prefeito de João Pessoa

JEFFERSON LUIZ DANTAS DA SILVA
Prefeito de Bayeux

EMERSON FERNANDES ALVINO PANTA
Prefeito de Santa Rita

VITOR HUGO PEIXOTO CASTELLIANO
Prefeito de Cabedelo

MÁRCIA DE FIGUEIREDO LUCENA LIRA
Prefeita do Conde

Mais Notícias

COMENTÁRIOS

  1. Avatar for Suetoni
    revolta

    ate agora achei todas as medidas acertadas. porem não vi uma letra em defesa de uma segurança alimentar séria.paliativos como cesta básica ajuda mais o trabalhador de verdade quer ações apoio aos que perderam renda o estado e prefeitura poderia organizar isso. já q o auxílio federal é uma bagunça.trabalho informal e amigo em análise desde 07 de abril ai pergunto por tidia q estão na mesma situação que eu. como faz pra botar comida dentro de casa. como pagar as contas? já passou da hora KD os deputados.vereadores.agentes da justiça devem estar de quarentena claro todo mês cai um gordo salario na conta.ate quando esperar a plebe ajoelhar esperando ajuda de Deus

  2. Avatar for Suetoni
    Waslon

    O Brasil precisa ser estudado! Enquanto o mundo está retomando as atividades com curva de mortes descendente, o Brasil projeta abertura com curva ascendente. Vá entender.

  3. Avatar for Suetoni
    Jean Castro

    #SaiDeCasa
    Isolamento só gerou autoritarismo, desemprego, fome, depressão, suicídios e violência doméstica.

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *