Executivo 16:48

Dom Aldo morre em Fortaleza e médicos suspeitam de Coronavírus

Religioso tinha a saúde debilitada por causa do tratamento de um câncer

Reprodução/Facebook

Amado, odiado, polêmico. Assim podia ser descrito o arcebispo emérito da Paraíba, Dom Aldo Pagotto. O religioso faleceu na tarde desta terça-feira (14), em Fortaleza. Tinha a saúde debilitada por causa do tratamento de um câncer, mas a causa da morte, de acordo com a suspeita dos médicos, teria sido as complicações por conta de uma provável contaminação pelo novo Coronavírus

O arcebispo emérito tinha 70 anos de idade e viveu, enquanto religioso, uma vida intensa. Nascido em São Paulo, era primo do cardeal Agnelo Rossi. Do estado natal, cumpriu missões em Minas Gerais, Pernambuco e Ceará, onde foi bispo de Sobral. Da cidade cearense, veio para a Paraíba, em 2004, já na condição de arcebispo. Dali até 2016, quando renunciou ao cargo, viveu muitas polêmicas.

Dom Aldo desarticulou grande parte da ação social da Igreja, fortalecida nos anos em que seus antecessores (Dom José Maria Pires e Dom Marcelo) estiveram à frente da Arquidiocese. Fez oposição à participação dos padres na política. Foi bastante aplaudido por isso, mas criticado pelo laço estreito com vários políticos. Por fim, a maior polêmica veio no fim do período dele à frente da Igreja.

O religioso foi acusado de envolvimento com casos de exploração sexual de jovens e adolescentes. Ele chegou a ser impedido de ordenar e, finalmente, após muitas polêmicas, pediu afastamento do cargo em carta na qual falava em ter confiado demais em pessoas que não mereciam. A Arquidiocese da Paraíba chegou a ser condenada ao pagamento de multa de R$ 12 milhões por causa das denúncias. A punição foi revista após recurso.

O fato é que Dom Aldo construiu muitos inimigos dentro da Igreja durante a gestão pastoral dele. Mesmo assim, construiu muitas amizades também. Era admirado e respeitado por grande parte dos fiéis. Sobre as acusações, se estava certo ou errado, nada mais importa no plano terreno. Se tiver realmente culpa, terá a oportunidade do perdão aos olhos de Deus.

 

Nota da Arquidiocese da Paraíba

A Arquidiocese da Paraíba, com profundo pesar, comunica o falecimento de seu Arcebispo Emérito, Dom aldo di Cillo Pagotto, ocorrido às 15h desta terça-feira, dia 14 de abril de 2020. Há suspeitas de que o religioso tenha sido infectado pelo coronavírus, mas esta informação ainda não foi confirmada.

A Arquidiocese, enlutada, informa que está sendo providenciada uma nota oficial.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *