Oposição abre as portas para abrigar “rebeldes” da base aliada de João

Votações recentes mostram que base aliada do governador tem votado contra matérias do Executivo

Votações desta semana embaralharam as posições de quem é governo e quem é oposição. Foto: Divulgação/ALPB

O líder da oposição na Assembleia Legislativa, Raniery Paulino (MDB), abriu as portas do bloco de oposição para abrigar pelo menos oito membros da bancada governista. O grupo, que integra o G11, tem se posicionado frontalmente contra matérias do Executivo. Além de vetos, os parlamentares abandonaram sessão na Casa, nesta semana, destinada à votação da Fundação PB Saúde, considerada essencial pelo bloco governista.

A lista dos “rebeldes” inclui Felipe Leitão (DEM), Taciano Diniz (Avante), Nabor Wanderley (Republicanos), Dr. Érico (Cidadania), Genival Matias (Avante), Tião Gomes (Avante) e Caio Roberto (PR). Todos integram a base governista, mas se alinham com a oposição com muita frequência.

O resultado da votação, que terminou com a aprovação da matéria com o quórum mínimo de 19 votos, mostrou que a capacidade do governador João Azevêdo (Cidadania) de articular a própria base é pequena. O gestor conseguiu os votos de apenas 16 dos 24 deputados governistas. O texto foi “salvo” com os votos de deputados do PP, partido comandado no Estado pelo deputado federal Aguinaldo Ribeiro.

O projeto foi aprovado por que teve apoio dos três oposicionistas ligados ao PP. A lista inclui Cláudio Régis, Jane Panta e Galego Souza. O grupo, vale ressaltar, gerou desconforto para o bloco comandado por Raniery Paulino. Ele prometeu procurar os parlamentares, também, para saber se eles permanecem no bloco de oposição e se o voto dado na Fundação PB Saúde na quarta-feira (12) foi um ponto fora da curva.

O período de Carnaval será de muito trabalho para governo e oposição reposicionarem as suas peças no tabuleiro. A partir de março a articulação promete ser intensa, principalmente no que diz respeito ao processo de impeachment protocolado contra o governador.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *