Júnior Araújo assume secretaria em momento de fragilidade do governo

Ex-líder do G11 assume a Secretaria de Governo e deve atuar no diálogo com a Assembleia Legislativa

Júnior Araújo é escalado pelo governo para melhorar a interlocução com a Assembleia. Foto: Divulgação/ALPB

O deputado estadual Júnior Araújo (Avante) vai assumir a Secretaria de Governo do Estado. O ato com a nomeação saiu no Diário Oficial desta terça-feira (11). O cargo estava vago desde o ano passado, quando o titular, Edvaldo Rosas, foi exonerado após ter o nome citado entre os suspeitos na operação Calvário, do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco).

A nomeação de Araújo era especulada desde a semana passada, mas ainda carecia de confirmação. Ele comandava o G11 até recentemente e tinha uma interlocução com o governo que variava entre “tapas e beijos”. A ida dele para o governo, de acordo com pessoas próximas, tem o objetivo de facilitar o diálogo entre o Executivo e o Legislativo no Estado.

A nomeação ocorre, também, no momento em que o governador João Azevêdo se tornou alvo de um pedido de impeachment, protocolado pelos deputados de oposição. O grupo acusa o governador de ter cometido crime de responsabilidade, por, supostamente, não ter agido para afastar os suspeitos de envolvimento com os crimes apontados na operação Calvário.

Resta saber se o deputado licenciado conseguirá uma boa interlocução com os colegas, já que alguns deles não gostaram da forma como ele deixou o G11.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *