Coordenador do Gaeco da Paraíba, Octávio Paulo Neto vai auxiliar Aras na PRG

Promotor ficou conhecido por seu trabalho em Operações como Calvário, Xeque-mate e Andaime.

 

Octávio Paulo Neto diz que se mantém à frente do Gaeco. Foto: Fábio Hermano/CBN

Principal condutor da Operação Calvário, no âmbito do Ministério Público da Paraíba, o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Octávio Paulo Neto, foi nomeado para atuar junto à Procuradoria-Geral da República (PGR). Conforme portaria, publicada no último dia 24 de dezembro, o promotor vai atuar como membro colaborador do gabinete do procurador-geral da República, Antônio Augusto Aras.

Na prática, Octávio Paulo Neto vai trabalhar na Secretaria de Perícia, Pesquisa e Análise da PGR, mas a função extra não deve comprometer a suas atribuições no Ministério Público do Estado da Paraíba, conforme disciplina a portaria, datada de 20 de dezembro, três dias após a deflagração da sétima fase da Operação Calvário, batizada de Juízo Final, que decretou a prisão do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), da prefeita Márcia Lucena (PSB), da deputada estadual Estela Bezerra (PSB), além de outros supostos envolvidos no esquema investigado.

A portaria prevê que a atividades a serem desempenhadas pelo paraibano será “sem prejuízo de suas atribuições no Ministério Público do Estado da Paraíba e com ônus para o Órgão cedente”.

Octávio Paulo Neto

Promotor de Justiça, coordenador do Núcleo de Gestão do Conhecimento do Ministério Público da Paraíba, Octávio Paulo Netotem em seu currículo a passagem como Secretário-Geral do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC – 2009/2012); Colaborador do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) – Membro da ENCLA (indicação do CNMP); Membro do Grupo interinstitucional de Trabalho do Projeto Bidal/OEA (Projeto Bidal – Proyecto de Administración de Bienes Incautados y Decomisados en América Latina); Diploma de Mérito do COAF – 2014 (portaria COAF/MF nº 05, de 13 de março de 2014); Membro do Conselho da ENACC – Estratégia Nacional de Combate a Cartéis (2008/2012); Instrutor da Escola Nacional do Ministério Público; Um dos idealizadores do Hackfest Contra a Corrupção e do FOCCO.

 

*Por Angélica Nunes, do Jornal da Paraíba

 

comentários - Coordenador do Gaeco da Paraíba, Octávio Paulo Neto vai auxiliar Aras na PRG

  1. rubens figueiredo Disse:

    Ainda bem que é sem prejuízo as atribuições no MPPB, de início, pensei que já estavam afastando o Procurador da PB, mesmo assim, pode ser que com outras obrigações a nível nacional ele dê um “refresco” aos envolvidos na “calvário”, vamos ficar de olho e cobrar celeridade nas investigações.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *