Datafolha mostra aumento na reprovação do presidente Jair Bolsonaro

Reprovação cresceu de 33% para 38% em relação ao levantamento anterior, feito pelo instituto

Reprodução/Folha de São Paulo

O Instituto Datafolha revelou que a reprovação do presidente Jair Bolsonaro (PSL) subiu de 33% para 38% em relação ao último levantamento. Os dados foram publicados nesta segunda-feira (2) pela Folha de São Paulo. A consulta anterior foi feita em julho deste ano. Ela demonstrou que diversos indicadores apontam uma deterioração da imagem do gestor. Foram ouvidas 2.878 pessoas com mais de 16 anos em 175 municípios.

A aprovação de Bolsonaro também caiu, dentro do limite da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou menos, de 33% em julho para 29% agora. A avaliação do governo como regular ficou estável, passando de 31% para 30%.

Os números mantém Bolsonaro na lanterna entre todos os presidentes eleitos após a redemocratização. Na pesquisa de julho e na anterior, de abril, estava consolidado um cenário em que o país se dividia em três partes iguais: quem achava Bolsonaro ótimo ou bom, ruim ou péssimo e regular.

A aprovação do presidente vem se deteriorando desde então. Isso apesar de ter visto aprovada a principal proposta do governo, a reforma da previdência, que passou pela Câmara e tramita agora no Senado. Ela ocorre em meio a uma escalada de radicalização, acenando a seu eleitorado mais ideológico.

O Nordeste sempre foi uma fortaleza do voto antibolsonarista, mas seu índice de ruim e péssimo subiu de 41% para 52% na região de julho para cá.

comentários - Datafolha mostra aumento na reprovação do presidente Jair Bolsonaro

  1. Martha Aulete Disse:

    E, por outro lado…, Moro, do governo, é o mais culto, equilibrado, jovial, moderno, inteligente, honesto, corajoso, elegante. O PT? Reacionário, atrasado, brega, cafona, vigarista, picareta, de mau gosto, feio, burro e Kitsch.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *