Zennedy nega ter “dirigido alcoolizado” e vai acionar Justiça contra o Detran

Secretário foi notificado no Diário Oficial do Estado desta quarta e ficará 12 meses impedido de dirigir

Zennedy Bezerra diz que foi abordado em 2016 por agentes da Lei Seca, mas garante que não havia bebido. Foto: Walter Rafael/Secom-PB

O secretário de Desenvolvimento Urbano de João Pessoa (Sedurb), Zennedy Bezerra, negou nesta quarta-feira (10) ter dirigido alcoolizado quando foi abordado pela equipe da Lei Seca. O auxiliar do prefeito Luciano Cartaxo (PV) vai entrar com recurso administrativo, no Detran, e com ação na Justiça pedindo a nulidade da punição. O Diário Oficial do Estado traz na edição desta quarta uma portaria do Departamento Estadual de Trânsito com a relação de motoristas que ficarão impedidos de dirigir por 12 meses. Entre eles, aparece o nome de Zennedy.

Em nota, o secretário diz que a abordagem da equipe da Lei Seca ocorreu em 2016. Ele alega, no entanto, que não tinha bebido naquela data. Por conta disso, promete que vai judicializar a questão. O Diário Oficial diz que o gestor terá que fazer curso de reciclagem, tal qual o determinado em lei. A multa para quem for flagrado dirigindo alcoolizado é de quase R$ 3 mil, além de sanções administrativas e suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *