Governo e TCE lançam aplicativo que disponibiliza consulta aos preços de 700 mil produtos na Paraíba

Ferramenta permite a consulta no município dos produtos mais baratos através do valor emitido pelas notas fiscais

Ilustração/TCE

Ilustração/TCE

O aplicativo de celular ‘Preço da Hora’ é a mais nova ferramenta de transparência do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba que irá disponibilizar para o cidadão, em qualquer região do Estado, informações, em tempo real, onde comprar barato na Paraíba com preços de mais de 739 mil itens de produtos. O ‘Preço da Hora’, com tecnologia 100% paraibana, criado e desenvolvido pelo TCE-PB em parceria com o Governo do Estado e uma equipe de professores da Universidade Federal da Paraíba, será lançado nesta sexta-feira (28), às 10h, no Palácio da Redenção, pelo governador João Azevedo e o presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Arnóbio Viana.

Com a ferramenta, que conta com informações oficiais das Notas Fiscais de todo o Estado, o cidadão poderá saber exatamente qual o menor preço, em sua cidade, do produto pesquisado. O sistema abrange um universo de até 121.590 estabelecimentos de todos os 223 municípios paraibanos. O aplicativo vai permitir comparar os preços praticados e indicar onde tem um valor melhor a ser adquirido. Inclusive preços dos combustíveis. Além disso, o aplicativo vai proporcionar uma forte celeridade aos órgãos públicos para a tomada de preços e na realização de licitações.

Acesse aqui

No Palácio da Redenção, o aplicativo será apresentado pelo coordenador do projeto, o auditor de Contas Públicas do TCE, Aguinaldo Macedo Filho. Na sua explanação ele vai mostrar como as informações são atualizadas a cada 5 minutos, ou seja, na hora em que a nota fiscal é emitida, o preço é inserido na base de dados do “Preço da Hora”. O aplicativo poderá ser baixado nos smartphones ou em computadores e tablet, disponível para os sistemas IOS e Android.

O coordenador do projeto informou que pelo aplicativo o cidadão terá, no mapa da cidade, os três melhores preços da cidade. Podendo ainda, visualizar a rota mais próxima para chegar ao estabelecimento. “O usuário poderá digitar uma palavra-chave ou simplesmente passar o leitor de código de barras pra fazer sua pesquisa”, ensinou.

O presidente do TCE-PB, Arnóbio Viana, informou que o aplicativo, num primeiro momento, será voltado para o cidadão, mas depois, ele será aprimorado para o serviço público, tanto para o Governo do Estado quanto para prefeituras e outros órgãos públicos. Os benefícios esperados por meio do APP, segundo os envolvidos no projeto, serão de economia para toda sociedade; promoção do comércio local; controle da inflação paraibana; arrecadação para o Estado e referência de preços para compras públicas.

De acordo com a equipe de professores da UFPB, as fontes de dados também utilizadas para desenvolver o projeto, além das informações da Secretaria da Receita da Paraíba ( SERPB) , também são do IBGE, MERCOSUL, Ministério da Indústria, Comercio Exterior e Serviços, Agência Nacional de Petróleo, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, NFE e o Gogle Maps.

Com informações do Tribunal de Contas do Estado

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *