Em crise, PSDB deverá ser comandado por Pedro Cunha Lima na Paraíba

Partido marca convenção estadual para o dia 5 de maio e vai buscar a renovação visando as eleições de 2020

Pedro Cunha Lima colocou o nome à disposição para a disputa do comando do partido. Foto: Lucio Bernardo Junior/Câmara dos Deputados

O PSDB vive atualmente a pior crise de sua história, na Paraíba. O partido vem perdendo lideranças e passará por renovação a partir do próximo mês. A sigla marcou para o dia 5 a convenção estadual para escolher a nova Comissão Executiva da legenda e os conselhos de Ética e Fiscal. O deputado federal Pedro Cunha Lima é o nome mais cotado para assumir o comando. Ele vai substituir o também deputado federal Ruy Carneiro. A mudança ocorre no momento em que o partido sofre com a defecção de lideranças. O último foi o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, atualmente no PSD.

Os tucanos agora temem uma revoada do ninho tucano. Em João Pessoa, o partido deverá ficar sem nenhum dos três vereadores eleitos em 2016. Depois da saída de Eliza Virgínia, devem seguir o mesmo caminho Marcos Vinícius e Luiz Flávio. No encontro, que será realizado no Hotel Hardman, no bairro de Manaíra, a partir das 9h, acontecerá inicialmente a eleição para os 60 novos diretorianos que serão os responsáveis por escolher o novo presidente, vices e demais integrantes do comando da sigla na Paraíba. No local, também vai acontecer as convenções do PSDB Jovem e do PSDB Mulher.

O PSDB conta atualmente com 46.619 filiados no Estado. São três deputados federais, três deputados estaduais, 36 prefeitos e 32 vice-prefeitos, além de 228 vereadores eleitos no pleito de 2016. No histórico do comando do partido na Paraíba, figuram os nomes de Ricardo Rique, Inaldo Leitão e Cícero Lucena.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *